Sábado, 18 de Setembro de 2021
DECISÃO

TSE decidirá se cadeira na CMM fica com Avante ou Cidadania

Serão oficiados todos os envolvidos no ‘troca-troca’ de cadeiras. São eles: Rondinei, Alonso, Bessa e os diretórios municipais do Avante e Cidadania



tse_1908200982_3F9E1FF6-A46B-4606-A480-FCBA16EB5B6B.jpg Foto: Divulgação
03/08/2021 às 20:52

A configuração da Câmara Municipal de Manaus (CMM) deve ser decidida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), segundo a documento expedido pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), desembargador Wellington Araújo, nesta terça-feira (03) que considerou válidos os 4.189 votos do candidato à vereança pelo Avante, Rodinei Moura Ramos.

Com o registro de candidatura regularizado, a sigla soma 95.349 votos o que deve favorecer o atual presidente de ManausCult, e ex-vereador, Alonso Oliveira, devido o aumento do coeficiente eleitoral. Dessa forma, a legenda deve passar de quatro, para cinco cadeiras no parlamento municipal.



Em entrevista do A CRÍTICA, o secretário disse que irá aguardar a tramitação do processo até que não caibam mais recursos para assim articular uma decisão junto ao prefeito David Almeida, que atualmente preside o Avante à nível estadual.

Alonso destacou que a vitória foi de Rondinei, mas seria hipocrisia não reconhecer o interesse na vaga. Caso seja mantida da decisão do TRE-AM, o secretário afirmou que deve assumir a cadeira de Elissandro Bessa (Solidariedade) na CMM, que pode ter o mandato invalidado uma vez que o seu partido possui a menor somatória de votos, dentre as siglas eleitas nas eleições 2020.

“Eu vejo que é um direito, mas cabem recursos da outra parte à decisão o judiciário sempre tem um coelho da cartola. Ainda não conversei com o prefeito, mas vou procurar, até o dia que em que permanecer no cargo, me desdobrando desenvolver o meu trabalho. Foi o Rodinei que conseguiu os seus objetivos, mas seria hipocrisia de minha parte dizer que não é interessante (...). Eu estarei assumindo se for confirmada a decisão”, declarou o Oliveira.

Conforme a ordem do presidente do TRE-AM serão oficiados todos os envolvidos no ‘troca-troca’ de cadeiras. São eles: Rondinei, Alonso, Bessa e os diretórios municipais do Avante e Cidadania. Os interessados devem apresentar os recursos ao pleno amazonense para que então sejam despachado para instância nacional.

A reportagem buscou contato com o vereador Lissandro Bessa, mas até o fechamento desta edição não obtivemos resposta.

News giovanna 9abef9e4 902c 428b a7c8 c97314664fb7
Repórter
Repórter de A CRÍTICA. Sempre em busca de novos aprendizados que somente uma boa história pode trazer.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.