Publicidade
Cotidiano
ELEIÇÕES

TSE pode julgar nesta sexta (31) registro de candidatura de Lula

Órgão deve fazer sessão extraordinária para que registros pendentes sejam julgados antes do início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão para o cargo, que começará no dia seguinte.  29/08/2018 às 18:24 - Atualizado em 30/08/2018 às 09:18
Show lula1 8b9d0c0f 10bf 44a5 ba31 1928c9dd59d3
André Richter - Repórter da Agência Brasil Brasília (DF)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve convocar para a próxima sexta-feira (31) uma sessão extraordinária da Corte para analisar os últimos pedidos de registros de candidaturas para a presidência da República nas eleições de outubro. A motivação é o início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão para o cargo, que começará no dia seguinte. 

Na sessão, pode ser julgado o pedido de registro  do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No entanto, a pauta de julgamentos ainda não foi confirmada. 

Lula está preso desde 7 de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, em função de sua condenação a 12 anos e um mês de prisão na ação penal do caso do triplex em Guarujá (SP). 

Em tese, o ex-presidente estaria enquadrado no artigo da Lei da Ficha Limpa que impede a candidatura de condenados por órgãos colegiados. No entanto, o pedido de registro e a possível inelegibilidade precisam ser analisados pelo TSE até 17 de setembro.

Publicidade
Publicidade