Publicidade
Cotidiano
RIO NEGRO

Turismo ribeirinho do Amazonas é destaque em exposição em Londres

Evento realizado na última terça-feira (14) foi promovido pela Embaixada do Brasil em Londres. Ação teve por objetivo apresentar os destinos de diversas regiões brasileiras para operadores de turismo britânicos 22/03/2017 às 13:56
Show gabriel em londres 2
Gabriel Ribenboim, representante da FAS, apresenta turismo alternativo ao público (Foto: Divulgação)
acrítica.com Manaus (AM)

Na última semana, projetos de turismo operados por ribeirinhos do Rio Negro foram destaques em evento especializado em Londres, na Inglaterra. O evento, realizado na última terça-feira (14), foi promovido pela Embaixada do Brasil em Londres, pelo VisitBrazilTravelAssociation (VBRATA) e o Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), e teve por objetivo apresentar os destinos de diversas regiões brasileiras para operadores de turismo britânicos e a imprensa especializada.

O evento contou com palestras dos brasileiros Adriana Schmidt Raub, representante da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo, Alex Robinson, fotojornalista premiado por reportagens fotográficas de aventura e natureza no Brasil, e Gabriel Ribenboim, consultor de Soluções Inovadoras da FAS, que apresentou iniciativas de turismo operado por ribeirinhos no Rio Negro.

Os projetos de turismo ribeirinho foram apresentados pela FAS à convite da Embaixada do Brasil na Inglaterra e fazem parte do chamado turismo de base comunitária. Esse ramo do turismo compreende atividades protagonizadas por comunidades locais e gera renda valorizando as tradições e o ambiente em que elas vivem.

Segundo Gabriel Ribenboim, representante da FAS no evento, foi uma oportunidade de apresentar um tipo alternativo de turismo a um público especializado.

“Eventos com rodadas de negócios com profissionais como estes são muito importantes para a promoção do turismo de base comunitária. Ainda são poucas as oportunidades de comercialização, então poder articular com um grande número de operadores de turismo representa uma ótima chance de aumentar a demanda no segmento”, afirma.

O turismo de base comunitária apresentado no evento é realizado por comunidades ribeirinhas no Amazonas como parte de estratégia do Programa de Geração de Renda da FAS, com ênfase no Empreendedorismo Ribeirinho para estímulo dessas iniciativas.

Segundo a Coordenadora Geral do Programa, ValcléiaSolidade, divulgar esse tipo de turismo é essencial para que empreendimentos ribeirinhos sejam reconhecidos como comouma alternativa ao turismo comum e totalmente única no Rio Negro.

“As ações de divulgação do turismo são importantes para alavancar e estimular o empreendedorismo ribeirinho. Permitem alcançar novos clientes que desejam conhecer a Amazônia e toda beleza cênica da região do baixo Rio Negro, onde as comunidades estão localizadas”, afirma.

Após as apresentações no evento em Londres, uma rodada de negócios envolveu representantes de operadoras de turismo britânicas que puderam interagir com os expositores e palestrantes, e aprofundar seus conhecimentos sobre os produtos e destinos brasileiros. Para o presidente da VBRATA Europa, Glauco Chris Fuzinatto, o evento permitiu apresentar o turismo brasileiro sob a perspectiva de especialistas. “Os convidados ouviram as experiências e o conhecimentos de especialistas nestes segmentos. O evento foi uma ótima oportunidade para despertar o interesse pelo Brasil e motivar a venda de pacotes turísticos de ecoturismo e turismo de aventura”, conclui.  

Turismo de base

O turismo e o artesanato desenvolvidos em comunidades ribeirinhas são apoiados técnica e financeiramente pela FAS por meio do Programa Bolsa Floresta, desde 2010, principalmente com investimentos em infraestrutura e capacitações realizados na RDS do Rio Negro, do Uatumã, Anamã, Mamirauá e APA do Rio Negro.

Em 2016, as atividades de apoio ao Turismo de Base Comunitária e o artesanato regional tiveram como foco a preparação de empreendedores para a gestão e o acesso ao mercado, com ênfase na avaliação e melhoria de qualidade de produtos e serviços ofertados. As atividades são desenvolvidas pelo Programa de Geração de Renda, com apoio do Fundo Amazônia, Bradesco, Instituto Coca-Cola e Fundo Newton/Conselho Britânico.

Publicidade
Publicidade