Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
parcerias

UEA disponibiliza alunos de Farmácia para estágio não remunerado em Indústrias de Alimentos

Empresas interessadas em absorver os estudantes, sem nenhum ônus para elas, devem entrar em contato com instituição



uea_40376F54-8D46-430A-891E-75DD8B728A45.JPG Foto: Divulgação
29/07/2019 às 10:58

O Curso de Farmácia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) está disponibilizando um total de 22 alunos do 9º período para realizarem o Estágio Curricular Supervisionado Não Remunerado em Indústrias de Alimentos, localizadas na cidade de Manaus. Os alunos, assegurados pela UEA, devem cumprir uma carga horária de 120 horas, no período de 30 de setembro a 13 de novembro de 2019.

Os Estágios Curriculares Supervisionados em Farmácia são entendidos como um conjunto de atividades curriculares indispensáveis ao processo de formação profissional. A atividade tem por objetivo capacitar tecnicamente o futuro profissional para atuar nas atividades atribuídas ao farmacêutico, seja na farmácia, drogaria, fundações, institutos e unidades de saúde e pesquisa da rede pública e particular de saúde, nas indústrias de medicamentos, alimentos, cosmética, química e no laboratório de análises clínicas.

Os estágios visam a busca de soluções adequadas aos problemas de saúde do Brasil e a garantia para os acadêmicos da aquisição de visão crítica e da abordagem sistêmica dos problemas relacionados a todos os campos de atuação do profissional farmacêutico.

As indústrias interessadas em absorver os estudantes, sem nenhum ônus para elas, devem entrar em contato pelo e-mail farmacia@uea.edu.br ou pelos telefones (92) 98815-1421 (professora Livia Cunha) e (92) 98155-8337 (professor Hugo Valério Correa).

*Com informações da assessoria de imprensa da UEA. 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.