Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
CONSCIENTIZAÇÃO

Ufam e MPF/AM assinam acordo para criação de disciplinas que discutam violência obstétrica

Cursos de direito, ciências sociais e ciências da saúde devem ser contempladas por novas disciplinas. Acordo propõe ainda criação projetos de extensão e iniciação científica em torno do tema



IMG_7796_8FA1CD46-9C75-4ADA-9062-C5AA9F8634BB.JPG Foto: Divulgação/Ascom MPF
02/09/2019 às 17:55

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) assinaram um acordo de cooperação técnica para implementar ações a fim de conscientizar universitários à respeito da violência obstétrica. A iniciativa visa garantir a educação em direitos humanos dos profissionais que atendem nos serviços de saúde e o combate da violência com mulheres no contexto do pré-natal, pré-parto, parto e pós-parto.

A parceria entre as instituições compreende uma série de ações direcionadas para capacitação e conscientização de acadêmicos e docentes da Ufam, além de atividades direcionadas ao público externo. O MPF vai disponibilizar materiais relacionados ao combate à violência obstétrica e a participação de procurador da República para palestrar em oficinas e congressos alusivos ao tema.



Entre as ações coordenadas junto à instituição está a criação de disciplinas para cursos de direito, ciências sociais e ciências da saúde, como também a criação projetos de extensão e iniciação científica que discutam o tema da violência obstétrica. O plano de trabalho inclui também a realização de cursos livres para a comunidade externa, como o curso de Formação de Doulas Comunitárias. Na agenda cultural da Ufam, o tema estará presente nas programações da TV Ufam e do Cine & Vídeo Tarumã.

A cooperação institucional foi formalizada pelo procurador-chefe do MPF no Amazonas, Edmilson Barreiros, pelo reitor da Ufam, Sylvio Puga, e pela procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Bruna Menezes. As atividades serão realizadas durante os cinco anos de parceria estabelecidos pelo acordo.

A Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher definiu a violência contra a mulher como qualquer ato ou conduta, baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto no âmbito público como privado.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.