Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
Notícias

UFAM realiza seminário em alusão ao Dia da Consciência Negra nesta segunda-feira (16)

Estudantes da rede pública de ensino, professores da educação básica e também do ensino superior participaram da abertura do evento



1.jpg O objetivo é trazer discussões sobre a luta de negros e índios contra a discriminação racial na sociedade amazonense
16/11/2015 às 15:29

Iniciou nesta segunda-feira (16) na Universidade Federal do Amazonas (UFAM) o seminário “Negros do Amazonas e as Políticas Públicas Brasileiras”, a programação segue até o dia 18 de novembro. O evento faz parte das comemorações da Semana da Consciência Negra e faz alusão ao “Dia da Consciência Negra”, que será comemorado nacionalmente no próximo dia 20 de novembro.

Hoje a abertura do evento foi marcada pela palestra “As identidades étnico-raciais no Brasil e as políticas de ação afirmativas”, ministrada pela professora doutora da Ufam, Renilda Costa de Liz. Até quarta-feira a programação ainda terá apresentações em mesas-redondas, sessões de cinema e rodas de conversas sobre temas relevantes à consciência negra no Amazonas.




  (No seminário desta segunda-feira, participaram alunos e professores da rede pública de ensino. FOTO: Evandro Seixas)


Participaram do evento estudantes da rede pública de ensino, professores da educação básica e também do ensino superior. O objetivo é trazer discussões sobre a luta de negros e índios contra a discriminação racial na sociedade amazonense, as discussões também serão voltadas à miscigenação de hábitos, costumes, cultura e religiosidade locais. 

O seminário é organizado pela UFAM/ Pró-reitoria de Extensão (Proext), Programa Nossa África, Movimento Negro do Amazonas, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SEJUS), Secretaria do Estado de Educação (SEDUC) e Secretaria Municipal de Educação (SEMED).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.