Publicidade
Cotidiano
ECONOMIA

Votorantim Cimentos chega a Manaus para 'movimentar' ramo da construção civil

O investimento para início das operações foi de R$ 120 milhões. Entre os serviços oferecidos estão a recepção, armazenamento, ensacamento e venda de cimentos 21/10/2018 às 01:18 - Atualizado em 22/10/2018 às 08:14
Show votorantim 173bd090 778a 4b25 bed6 a73d66d23257
O sistema de cabotagem vai ser feito por meio de balsas com cimento ensacado originário da cidade de Primavera, no Pará, e parte importada. Foto: Divulgação
Rebeca Beatriz Manaus (AM)

A Votorantim Cimentos começou a funcionar  em Manaus no dia 1º de outubro. Após aquisição da Cemex, que está entre as maiores produtoras de cimento do mundo, a companhia pretende expandir a atuação na região Norte, se inserindo no  mercado com a marca Cimentos Poty. Com o setor da construção civil saindo de um momento de crise, a perspectiva para essa nova fase é de crescimento e retomada, segundo o diretor de Logística da Votorantim Cimentos, Alisson Forti.

“Este ano ainda é estimada uma queda de 2% em relação a 2017. Mas a  ida para o Amazonas e para Roraima é parte da estratégia de longo prazo da Votorantim, de diversificação geográfica e de portfólio, o que faz todo o sentido, pois ainda não tínhamos atuação nessas localidades”, comenta

O investimento para início das operações foi de R$ 120 milhões. Entre os serviços oferecidos estão a recepção, armazenamento, ensacamento e venda de cimentos.

“Sabemos que a indústria da construção civil é importante para a economia de qualquer país. Numa retomada da economia do Brasil, a construção civil é um dos setores que pode ajudar de forma rápida, gerando empregos e movimentando a economia” conclui Forti.

Diferencial no Mercado

O setor da construção civil passa por um momento de retomada, e a chegada da companhia no Amazonas, marca de forma positiva uma nova fase, conforme explica o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Amazonas - (Sinduscon-Am), Frank do Carmo Souza.

“Temos um dos cimentos mais caros do Brasil, então é a proposta é importante, pois a ideia é reduzir custos. A expectativa é que a chegada da Votorantim traga uma produção e logística melhores, resultando num preço menor para o produto final”, diz.

Operacional

O sistema de cabotagem vai ser feito por meio de balsas com cimento ensacado originário da cidade de Primavera, no Pará, e parte importada.
O porto fluvial também irá receber navios com cimento a granel, direto da fábrica de Laranjeiras, no Sergipe, para ser ensacado no  terminal.

Conheça a Votorantim

Fundada em 1933, a Votorantim Cimentos é uma das maiores empresas globais do setor. Com quase 12 mil empregados e uma receita líquida de R$ 11,1 bilhões em 2017, suas unidades  estão próximas aos grandes mercados consumidores além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai.

Estrutura

Atualmente, os mercados do Amazonas e de Roraima movimentam conjuntamente cerca de 1 milhão de toneladas. A expectativa é alcançar, inicialmente, um volume em torno de 300 mil toneladas a cada 12 meses, fruto da compra do terminal. O terminal portuário no Amazonas está localizado na Rua Desembargador César do Rego, n.2, Colônia Antônio Aleixo – Manaus (AM) – CEP: 69008-445.

Publicidade
Publicidade