Publicidade
Cotidiano
BUSCAS

Uma semana após desaparecimento, carioca segue sem ser achada em cachoeira do AM

Após encerrarem mais um dia de buscas por Michele Santos, neste domingo (15), Corpo de Bombeiros afirma que buscas serão abandonadas apenas quando esgotadas todas as possibilidades 15/07/2018 às 19:22 - Atualizado em 15/07/2018 às 19:24
Show busca desaparecida
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

As buscas do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) no sétimo dia após o desaparecimento da contadora carioca Michele Santos, 30, que sumiu depois de cair na Cachoeira do Santuário, em Presidente Figueiredo, foram encerradas sem êxito por volta de 18h30 deste domingo (15). Michele desapareceu após escorregar de uma pedra enquanto tentava tirar uma fotografia ‘selfie’ e cair na cachoeira que é um dos principais pontos turísticos da cidade.

De acordo com a assessoria de imprensa do CBMAM, as buscas apenas serão interrompidas quando esgotadas todas as possibilidades de se encontrar Michele, que mora há um ano em Manaus.

Três mergulhadores do Corpo de Bombeiros e quatro salva-vidas municipais atuam nas buscas. Durante a semana, os bombeiros chegaram a afirmar que haviam encontrado indícios de onde o corpo de Michele poderia estar, mas a procura não teve sucesso.

Veja um resumo do dia a dia dos bombeiros nas buscas ao longo da semana.

Publicidade
Publicidade