Publicidade
Cotidiano
Notícias

Uma semana depois da queda de Cid Gomes, cai mais um ministro do Governo Federal

Thomas Traumann pediu demissão após vazamento de documento da Semcom 25/03/2015 às 16:52
Show 1
Não há informações sobre o substituto de Traumann na pasta
ACRITICA.COM* ---

A presidenta Dilma Rousseff aceitou nesta quarta-feira (25) o pedido de demissão do ministro da Secretaria de Comunicação de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Thomas Traumann.

O ministro da Secom é o segundo da equipe do novo mandato de Dilma a deixar o governo em uma semana. Na quarta-feira (18), o ministro da Educação, Cid Gomes, pediu demissão após se envolver em polêmica com o Congresso Nacional. Na quinta-feira (19), a presidenta descartou uma reforma ministerial e disse que a mudança do comando da Educação era “pontual”.

A saída de Traumann ocorre uma semana depois do jornal O Estado de S.Paulo revelar um documento da Semcom que fez críticas à comunicação do governo e admitia o uso de softwares  para disseminar conteúdo favorável ao Planalto nas redes sociais.

“A presidenta agradeceu a competência, dedicação e lealdade de Traumann no período como ministro e porta-voz”, diz o texto divulgado pela Secretaria de Imprensa da Presidência.

Não há informações sobre o substituto de Traumann na pasta.

*Com informações da Agência Brasil

Publicidade
Publicidade