Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Notícias

Valor do 'ovo' deve sofrer reajuste de 20% até o final de 2012

Avicultores locais estão pagando R$ 10 a mais na saca de milho (60 quilos) comprada de outras regiões do País



1.gif O Estado é autossuficiente na produção de ovos, mas não em frango de corte
27/11/2012 às 10:14

O preço do ovo pode ter um reajuste de até 20% ao consumidor até o final de 2012. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (27), pelo presidente da Associação dos Avicultores do Amazonas (AAM), Nilton Sakamoto.

A suspensão dos leilões de 50 mil toneladas de milho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ocorrido no final de outubro, obrigou os avicultores locais a comprar o produto em outras regiões e estão pagando mais caro pelo produto.

O consumidor torceu o nariz para o possível reajuste do ovo, antevendo outros aumentos de preço, como se depreende das palavras da acontadora Leila Marialva: “Vou ter que buscar formas alternativas de proteínas se esse aumento acontecer. A falta do milho deverá ocasionar futuramente além do aumento do ovo, o reajuste do frango e demais derivados do produto”, disparou.

Dependente

O Amazonas não produz o milho que demanda, por isso os avicultores estão comprando a saca do produto (60 quilos) de outras regiões do País por R$ 38, o que representa um aumento de R$ 10 em relação à saca de milho comprada da Conab-AM.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.