Publicidade
Cotidiano
Economia

A menos de um mês, varejistas de Manaus se preparam para a Black Friday

Shoppings e lojistas da cidade já começam a se preparar para o fôlego na economia antes da grande data festiva do Natal 30/10/2016 às 05:00 - Atualizado em 30/10/2016 às 08:44
Show img0017362107
Lojistas apostam em descontos de até 70% (Foto: Arquivo A Crítica)
Geizyara Brandão Manaus - AM

A menos de um mês da famosa “Black Friday” os shoppings e lojistas da cidade já começam a se preparar para o fôlego na economia antes da grande data festiva do Natal.

O diretor da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Luis Augusto, aponta que o Black Friday trouxe aos comerciantes um alento, uma vez que a economia passava por uma paralisação. A antecipação das compras natalinas pode ser percebida com o passar das edições da data, mas a questão levantada por Augusto é que o que se vende em novembro, não é mais vendido no mês de dezembro, o que preocupa os lojistas.

Segundo o diretor, as lojas possuem várias mercadorias estocadas, o que as prepara para a ocasião. “Como os estoques estão retidos, meio paralisados. [...] Então, as compras foram melhores e a expectativa do Natal, embora seja a melhor data do ano, não é muito positiva”, afirmou Luis Augusto.

Ampliação

Em Manaus, os shoppings costumam estender o horário de funcionamento e a programação de descontos para o sábado e domingo. Além de atrair o público com as ofertas, apostam em atrações que incentivam as compras.

O Superintendente do Sumaúma Park Shopping, Claudio Voso revelou que grandes marcas de lojas começaram a se preparar para a Black Friday e os descontos variam de loja para loja com até 70% em média. “Estamos aproveitando esse gancho e pedindo para que o lojista possa aproveitar esses três dias”, assegurou.

É esperado, pelo mall, um crescimento de 12% a 15% em relação ao mesmo período do ano passado.

A presidente da Associação de Lojistas do Amazonas Shopping, Mercedes Braz, ressalta que os comerciantes realizaram pedidos específicos para serem vendidos promocionalmente na data e aguardam um retorno de 20% a mais do que 2015. “Segundo a revista de economia, essa é uma data muito forte para o comércio e nós estamos precisando. Então nós temos que acreditar. O desconto varia, porém deve ser de, pelo menos, 50%. Foi o comprometimento dos lojistas do Amazonas Shopping”, explicou.

Desconto Real

Nem todas as lojas do Shopping Ponta Negra se inscreveram na campanha, mas a orientação do mall é que os descontos sejam até 70%. “É um desconto real de 70%, não tem aquilo de tudo pela metade do dobro. Baseado no preço real haverá um desconto de até 70%”, assegurou o superintendente do Shopping Ponta Negra, Diógenes Costa.

A intenção é trabalhar com a campanha de ofertas como um termômetro para as compras de fim de ano. “Vai ser um ‘start’ para sabermos como vai se comportar [...]. O Black Friday conta com uma forte campanha nesse momento. Estamos criando uma estratégia que vai além dos descontos, que gere o diferencial de experiência, já que é muito forte no virtual”, disse.

O Manauara Shopping está em fase de planejamento, mas não tem interferência nos descontos a serem oferecidos.

Saiba mais

Black Friday significa sexta-feira negra em português. A data foi criada pelo varejo dos Estados Unidos e acontece na última sexta-feira do mês de novembro trazendo descontos de até 80% das vendas de diversos produtos, desde eletroeletrônicos até o setor têxtil. A grande vantagem da Black Friday é aproveitar os altos descontos e fazer antecipadamente as compras natalinas.

Natal antecipado​

Olga Rodrigues, supervisora das lojas Le Postiche dos Shoppings Manauara, Millennium e Sumaúma:

A expectativa para a Black Friday é o aumento das vendas em até 50% em relação ao mês de outubro. “Estamos receosos, pois esse ano nós tivemos meses com baixos rendimentos. Mas esperamos que o ano possa ser melhor nesse mês especificamente, pois muitas pessoas irão adiantar suas compras”, contou.

Em 2015 as vendas das lojas no mês de novembro excederam até os resultados obtidos em dezembro, segundo a supervisora. Olga afirma que as lojas estarão com promoções durante o mês inteiro. Cerca de 40% dos produtos estará entre 30% e 50% de desconto.

“Serão diversos modelos de produtos infantis como mochilas e estojos, bolsas femininas, mochilas jovem, malas promocionais. [...] Também estamos guardando descontos especiais”.

Preços Maquiados

As principais reclamações que chegam à Secretaria Executiva de Proteção e Orientação ao Consumidor do Amazonas (Procon-AM) são de “maquiagem de preços”, de acordo com a secretária , Rosely Fernandes. “Temos que evitar as maquiagens dos preços, as lojas costumam aumentar dez dias antes o valor do produto para quando chegar à data possa vender pelo valor real da mercadoria”, afirmou.

No dia 3 de novembro acontece uma reunião, em São Paulo, com todos os órgãos de proteção e defesa do consumidor com o Instituto de Desenvolvimento do Varejo para que possam regulamentar a Black Friday. “Justamente para que possamos disciplinar, regulamentar os procedimentos de vendas”, explicou.

Enquanto não é efetivada a regulamentação do evento varejista, a secretária alerta que é necessário fazer a pesquisa de preços antecipadamente e recorrer ao Procon-AM apenas se houver problemas na entrega da mercadoria ou defeitos.

Em 2015, o órgão realizou a fiscalização nos shoppings de Manaus e neste ano pretende continuar com a ação. “A nossa fiscalização se divide para evitar a falta de informação, porque se a diferença de preço for muito grande, a gente tem que tomar as providências”, garantiu a secretária executiva.

Dicas para os lojistas

Formada em Comunicação Social, atuando há dezenove anos no mercado em Manaus, a professora e especialista em marketing empresarial, Nereida Tavares, esclarece que o consumidor está muito mais exigente e consciente das suas necessidades.

Confira as dicas:
1 - Para ser assertivo a empresa tem que conhecer seu público, conhecer seus hábitos, desejos;
2 - Trabalhar para manter uma relação forte com os que já são fiéis a marca e com aqueles que ela pretende conquistar;
3 - Compreender a necessidade de adequação da mensagem publicitária para cada meio ou plataforma usada pela comunicação;
4 - Devem desenvolver e expor de forma criativa o que a campanha vai comunicar;
5 - O mercado atual pede estratégias de comunicação integrada de marketing e não isoladamente;
6 - As ações de marketing necessitam de ações de comunicação pra dialogar com os diversos públicos que fazem parte das corporações.

Publicidade
Publicidade