Domingo, 17 de Novembro de 2019
Notícias

Varejo local aposta nos R$ 241 milhões do 13º

Vendas estão em baixa este mês. Lojistas esperam que o pagamento desse benefício para surtir efeito em agosto



1.png A CDL-Manaus estima que 40% dessa quantia serão usados para quitar dívidas e uma outra parte, para compras
23/07/2013 às 08:11

A sete dias do encerramento do mês, os lojistas já perceberam que não atingirão a meta de vender 2%, o que significaria 0,6 pontos percentuais acima do total de vendas realizadas em igual período em 2012.

Agora, as apostas deles se voltam para a injeção de ânimo que virá com o pagamento da primeira parcela do 13º salário. No final do mês, juntos, o governo do Estado e Prefeitura de Manaus injetarão R$ 241 milhões na conta corrente de seus servidores. 



A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus) estima que 40% dessa quantia serão usados para quitar dívidas e uma outra parte, para compras, como por exemplo a do presente dos pais.

Pesquisa

“Estamos realizando uma pesquisa para saber como a data do Dia dos Pais deve se comportar, tendo em vista o pagamento da primeira parcela do 13º por parte do governo e da prefeitura. Nossa expectativa é de crescimento aproximadamente 3%, comparado ao mesmo período do ano passado”, disse o presidente da CDL-Manaus, Ralph Assayag, que espera para agosto vendas melhores do que as de julho.

Na avaliação de Assayag, o desempenho das vendas neste mês foi ruim por diversos fatores. Entre eles, o período de férias escolares e de muitos trabalhadores. “Nossa previsão é que o mês fechasse com crescimento de 2%, comparado ao mesmo período que o ano passado, quando registrou aumento de 1,4%, mas acredito que não chegaremos a nossa meta”, comenta.

Seleção

Para atender a demanda do mês de agosto, Ralph revela que as lojas já devem iniciar a fase de seleção de mão de obra nos próximos dias. Ele prevê que de imediato 350 pessoas sejam contratadas para trabalhar na data, que é considerada a oitava no comércio manauara.  “O Dia dos Pais era considerada uma data abandonada, mas nos últimos anos tem conseguido se classificar e se destacado principalmente no setor de vestuário e eletroeletrônicos”, disse.

O grupo Shop do Pé, que estima crescimento de 10% nas vendas por conta do Dia dos Pais, adianta que vai contratar pelo menos 50 novos vendedores. “Essa data é a terceira mais importante para a gente, ficando atrás apenas do Natal e o Dia das Mães, por isso estamos investido bastante para atender a demanda”, afirmou o gerente de marketing, Francisco Leudo.

Ele revelou que no próximo mês,  o Shop do Pé vai inaugurar três lojas no Shopping Ponta Negra, o que demandará a contratação de 100 funcionários. “Para participar da seleção basta acessar o site http://shopdope.com.br/trabalheconosco/ e cadastrar o currículo”, informou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.