Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020
Notícias

Velório de Niemeyer é aberto ao público na sede da prefeitura do Rio

O velório do arquiteto Oscar Niemeyer foi aberto ao público por volta das 8h30, no Palácio da Cidade, sede da prefeitura do Rio de Janeiro, em Botafogo, na zona sul.



1.jpg Arquiteto Niemeyer morreu nesta quarta-feira (05) aos 104 anos
07/12/2012 às 08:53

O velório do arquiteto Oscar Niemeyer foi aberto ao público por volta das 8h30, no Palácio da Cidade, sede da prefeitura do Rio de Janeiro, em Botafogo, na zona sul.

O ex-presidente de Cuba e líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, e o seu irmão, Raúl Castro, que atualmente preside o país, mandaram coroas de flores como homenagem a Niemeyer, que era comunista. “Ao incondicional amigo de Cuba”, diz a mensagem escrita na faixa da coroa de flores enviada por Fidel.



Por enquanto, poucas pessoas estão no local do velório para dar o último adeus ao mestre da arquitetura moderna. A estudante de arquitetura Gisela Aguiar aguardava às 7h45 a abertura do velório ao público. “Sou de Brasília e vim prestar a última homenagem. As obras de Niemeyer são únicas e pioneiras, como os palácios do Planalto e da Alvorada. Minha [obra] preferida é a Catedral de Brasília.” Pouco antes da liberação da entrada do público, o governador fluminense, Sérgio Cabral, e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, foram ao velório, que começou na noite de ontem (6) para parentes e amigos do arquiteto.

O caixão está exposto no Salão Nobre do Palácio da Cidade. O público poderá se despedir do arquiteto, até as 15h. Depois de uma missa, o corpo de Oscar Niemeyer será enterrado por volta das 17h no Cemitério São João Batista, também em Botafogo.

O arquiteto morreu na noite de quarta-feira (5), no Hospital Samaritano, em Botafogo, onde estava internado desde o dia 2 de novembro. Ele completaria 105 anos no próximo dia 15.

Veja aqui galeria com imagens das principais obras de Niemeyer.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.