Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Notícias

Vereadores defendem sobrepreço na compra de gelo pela Secretaria de Saúde

Líderes da bancada do Prefeito, que representa 92% da Câmara Municipal, afirmaram que o transporte do gelo nas zonas rurais justifica o valor pago pela Prefeitura



1.gif Os líderes dos partidos da bancada do prefeito alegaram que a justificativa da Semsa era aceitável
06/05/2013 às 19:48

Os vereadores de Manaus defenderam o pagamento de R$ 698 mil a mais na compra de gelo para a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A defesa aconteceu durante a sessão plenária desta segunda-feira (6) e foi endossada pela maioria dos vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

O superfaturamento na compra de gelo foi publicado em reportagem do jornal A CRÍTICA nesta segunda. Segundo a reportagem, a prefeitura comprou gelo com o preço 63% acima do valor praticado no mercado.

Um dos líderes do prefeito na Casa, vereador Luiz Alberto Carijó (PDT) afirmou que os vereadores receberam uma justificativa plausível do titular da Semsa, Evandro Melo. "Assim que eu li a reportagem imediatamente pedi justificativas ao secretário. Ele disse que existe um valor adicional em função da logística, pois é esta empresa que também vai distribuir. Este valor não é simplesmente da venda do gelo, está incluso a entrega do gelo nos mais diversos pontos da cidade de Manaus também e por isso o valor se justifica", disse.

Líder da bancada de oposição da CMM, vereador Waldemir José (PT), disse que irá avaliar os documentos da licitação. Segundo o parlamentar, caso seja detectado fraudes ou superfaturamento a bancada irá realizar uma representação contra a prefeitura na sede do Ministério Publico do Estado (MPE-AM) para que tome providencias.

Leia mais sobre na edição impressa do jornal A CRÍTICA desta terça-feira (7).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.