Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
COARI

Viatura da PM atropela cachorro e dona do animal é detida por desacato em Coari

Após o atropelamento do cachorro, a proprietária do animal foi detida pelos policiais militares por desacato e, segundo ela, encaminhada a uma cela com outros presos do sexo masculino. SSP nega que jovem tenha ido para a cela masculina.



CACHORRO_CCD4F17A-4885-412E-9229-19AFA82B85B0.jpg Foto: Reprodução
14/10/2019 às 13:41

Um cachorro foi atropelado na última sexta-feira (11) por uma viatura da Polícia Militar de Coari (município distante 361 quilômetros em linha reta de Manaus), acionada para atender uma ocorrência de tiroteio. E após reclamar do ocorrido, a proprietária do animal, Carlessandra Chaves, 23 anos, foi detida por desacato às autoridades.

Em vídeo publicado nas redes sociais é possível acompanhar o momento em que o veículo, em marcha ré, passa por cima da cabeça do animal.  Na sequência de imagens que antecedem o fato, Carlessandra ainda tenta chamar atenção do motorista da viatura para impedir o atropelamento do cachorro, bem como tenta afastar outros animais da via pública.



Após a colisão com o cachorro, desesperada, Carlessandra passa a gritar e chama a atenção dos policiais militares. A jovem relata que eles retornaram para ver o ocorrido com o animal. Segundo a Polícia Civil do Estado do Amazonas (PCAM) ao reclamar sobre a morte do animal, Carlessandra, foi detida por desacato às autoridades policiais e conduzida até a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari.

A jovem relata que permaneceu na unidade policial em uma cela junto com presos do sexo masculino, da qual saiu após duas horas em companhia do advogado. De acordo com a PCAM a jovem será ouvida para dar seguimento às diligências em torno do caso.

Versão

O policial militar que conduzia a viatura, e prefere não se identificar, argumentou que o acidente não foi proposital. Segundo ele, o fato de estar em marcha ré em uma ladeira impossibilitou que o retrovisor do veiculo refletisse o chão. “Com o barulho do motor e a distância do animal eu não ouvi se ela falou algo para alertar. Eu amo animais. Tenho sete cachorros. Realmente lamento o ocorrido”, ponderou o PM.

Posicionamento

O delegado José Barradas Junior, titular da DIP de Coari, informou por meio da assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP – AM), que após análise das câmeras de segurança da unidade policial, se verificou que a jovem estava detida em uma cela da ala feminina.

A SSP – AM informou, ainda, que em virtude da repercussão nas redes sociais do conteúdo, onde mostra o atropelamento do animal, a Corregedoria Geral do Sistema de Segurança encaminhou o conteúdo para apuração pelas Corregedorias Auxiliares da Polícia Militar e Polícia Civil.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.