Quarta-feira, 03 de Março de 2021
Notícias

Vítimas de explosão em balsa que transportava combustível morrem antes de remoção para Manaus

Com cerca de 95% do corpo queimado por conta da explosão, os tripulantes da embarcação morreram ainda em Jutaí. Uma das balsas de um comboio explodiu na tarde desta sexta (7) após tentativa de conter vazamento de gasolina



1.jpg Acidente ocorreu próximo ao município de Jutaí, no interior do Amazonas
08/11/2014 às 15:18

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) divulgou, no fim da manhã deste sábado (8), que as vítimas da explosão de uma balsa que transportava combustível, ocorrida no fim da tarde desta sexta-feira (7), nas proximidades do município de Jutaí (distante 1.001 quilômetros de Manaus), não resistiram aos ferimentos e morreram antes da remoção até a capital. Os tripulantes estavam internados na unidade hospitalar da região, cada um com cerca de 95% do corpo queimado.

Os tripulantes Paulo Roger de Oliveira Braga, de 49 anos; Walclides Lopes de Souza, de 64; e Sebastião Ferreira da Silva, 42; não resistiram aos gravíssimos ferimentos causados pela explosão da balsa em que trabalhavam e morreram no município do interior do Amazonas.



A Susam adotou providências para a remoção dos três pacientes para Manaus, em aeronaves do tipo UTI (Unidade de Terapia Intensiva), na expectativa de trazê-los para o Hospital e Pronto-socorro 28 de agosto, na Zona Centro-Oeste de Manaus, onde existe um centro especializado no tratamento de queimaduras e vítimas de explosões graves.

No entanto, o estado clínico dos três tripulantes piorou e eles vieram à óbito durante a madrugada deste sábado. Uma aeronave da Marinha do Brasil será enviada ao local com inspetores navais da Agência Fluvial de Tefé para iniciar os procedimentos de instauração de Inquérito Administrativo sobre Fatos da Navegação (IAFN), visando apurar as causas e as responsabilidades pelo acidente.

Os corpos das três vítimas do acidente com a balsa devem ser trazidos para Manaus, onde moram os parentes, ainda neste sábado (8).


Mais de Acritica.com

2 Mar
155888496_10225477909759177_7982991234948859702_o_85AE5B9F-DF53-47FE-9A87-B7676D39D101.jpg

Briga por herança motivou morte de peixeiro, diz polícia

02/03/2021 às 20:28

Quase duas semanas depois da morte do peixeiro Adinaldo Faria de Souza, 44, a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) concluiu que o assassinato foi resultado de uma trama em família por “herança”, “seguro de vida” e “dinheiro” da vítima


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.