Publicidade
Cotidiano
FERIDOS

Vítimas de incêndio em Manacapuru sofreram queimaduras de até 3º grau

Três pessoas ficaram feridas após explosão e três barcos pegarem fogo no município. Todos foram transferidos para Manaus 19/09/2018 às 11:28 - Atualizado em 19/09/2018 às 11:36
Show 28 de agosto aaab0bd7 1639 43ad 89ac e9aad8372be8
As vítimas permanece no Centro de Tratamento de Queimados (Foto: Arquivo AC)
Amanda Guimarães Manaus (AM)

As três vítimas da explosão e do incêndio que atingiram embarcações na noite dessa terça-feira (18) no município de Manacapuru, estão com quadro de saúde estável no Centro de Tratamento de Queimados no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, em Manaus. A informação foi confirmada pela diretoria da unidade hospitalar através da Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam). 

Segundo o hospital, um dos feridos, identificado como Carlos Alberto Cândido da Silva, de 67 anos, apresenta queimaduras múltiplas de 2º grau nas pernas, antebraços e face. Ele passou por limpeza cirúrgica e está internado na enfermaria, com quadro geral estável.

Outro ferido, Alcivaldo Serpa da Silva, de 38 anos, tem queimaduras múltiplas de 2º e 3º graus no cotovelo, antebraço e mão, além de um corte profundo na cabeça. Ele passou por uma avaliação neurológica e segue internado em enfermaria. O quadro geral é estável.

Eduardo Bertulino de Sales, de 26 anos, conforme a unidade hospitalar, apresenta também múltiplas queimaduras em membros inferiores até os joelhos, face e couro cabeludo. O homem por limpeza cirúrgica e está internado com quadro estável.

Gravemente feridos

Após a explosão e o fogo atingir outras embarcações, os feridos foram conduzidos para unidades hospitalares da cidade de Manacapuru, mas devido o grave quadro de saúde eles acabaram sendo encaminhados para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.

O tenente BM Queiroz, de Manacapuru, afirmou que a corporação foi acionada por volta das 11h15 de ontem (18) para atender a ocorrência. "No exato momento que soubemos do acidente foi deslocada uma equipe para verificar a situação. Por ter sido uma explosão, a corporação montou uma linha de combate ao fogo. A ocorrência se alastrou para outras duas embarcações", completou.

Incêndio

Segundo o Corpo de Bombeiros, a embarcação que explodiu havia sido abastecida durante a tarde com cinco mil litros de combustível. De noite, conforme os bombeiros, o comandante do barco resolveu dar partida e ligar a ignição, quando ocorreu a explosão.

Os bombeiros informaram que o fogo logo atingiu os outros dois barcos. Um deles, chamado Pinheiro 4, sofreu perda total. Para apagar as chamas, a corporação utilizou dez mil litros de água e três baldes de vinte litros de LGE.

Publicidade
Publicidade