Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Notícias

Vitrinismo é a alma do negócio para o varejo no fim do ano

Em tempo de festas, o apelo visual é fundamental para o sucesso nas vendas no varejo. Por essa razão, montar vitrines atraentes é um passo importante na conquista de novos clientes



1.jpg Montagem de uma vitrine atraente pode fazer toda a diferença na decisão de compra
12/12/2015 às 10:00

A primeira impressão é a que fica. O velho ditado faz todo sentido quando se trata do apelo visual na hora de comprar. Nessa hora, a vitrine é o elemento principal para atrair os olhos do consumidor.

Muito mais que expor um produto, o vitrinismo é uma arte que mescla criatividade e elementos conceituais que chamarão a atenção para a compra. O produto não fica em segundo plano. A vitrine serve para mostrar novas coleções, produtos em destaque e peças promocionais com objetivo de vender mais.



Prova disso é a grife Capodarte, especializada em bolsas e sapatos femininos. A franqueada do Amazonas Shopping venceu um concurso de melhor vitrine do centro comercial durante a campanha Ponto Mix. O objetivo principal foi conquistado: aumentar as vendas. “Fizemos uma vitrine que chamasse atenção com a temática ‘parada obrigatória para o preço baixo’. Como a nossa loja funciona como outlet, as pessoas procuram qualidade com preço baixo, e atendimento também.

Usamos as cores vermelho e preto, elementos como correntes e sinalização. A gente vendeu bastante. A vitrine chama muita a atenção se você tiver um capricho especial”, contou a gerente da loja, Tatiana Lima.O diretor executivo da da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), Edmundo Lima, explica que a ideia é seduzir o consumidor. “As grandes redes de varejo de vestuário têm estratégias bem definidas para a montagem de suas vitrines de forma a atrair o consumidor.

Para aqueles que compram por impulso, a vitrine é fundamental. Para o consumidor que planeja a compra, também é importante, pois ele tende a comparar vitrines e produtos de outras lojas. Partindo da constatação de que o consumidor de shopping center, onde se concentra a maior parte das grandes redes de varejo de vestuário, visita o local quase que diariamente para almoço ou lazer, a troca de coleções e uma boa ambientação de vitrine, atrai os olhares de quem rotineiramente frequenta o local”.

Talento precoce, o estudante de design de moda de apenas 20 Maurício Duarte, provou que entende do assunto, ao vencer este ano o concurso mundial de vitrines “Worldskills”. Ele explica que o trabalho envolve estratégia e técnica. Para compor uma vitrine atraente são usados desde painéis, adesivamento, mobiliário, faixas, papéis, cores, recortes e totens. A composição vale para todos os cenários, desde uma loja de vestuário, calçados, livraria, ótica, eletrônicos ou cosméticos. A criatividade e o produto forma um perfeito casamento.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.