Publicidade
Cotidiano
Notícias

Wilson Alecrim fica na Susam até o fim do mês de junho

Para o titular da Susam, a razão para tomar a decisão no fim de semana, foi motivada por ‘questões pessoais’ 22/06/2015 às 10:37
Show 1
Wilson Alecrim
natália caplan ---

Após cinco anos no comando da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), Wilson Alecrim pediu para sair. Ele entregou o pedido de exoneração pessoalmente ao governador, José Melo (Pros), na tarde do último sábado. Entretanto, permanecerá na pasta até o dia 30 de junho, como parte do processo de transição. De acordo com a Secretaria de Estado de Comunicação Social (Secom), ainda não há um nome cotado para ocupar a função.

“Esses cargos são de ocupação temporária, estão sempre à disposição do governador e de quem os ocupa. Do ponto de vista pessoal, familiar e até profissional, decidi que é o momento. Até para dar oportunidade a outros”, disse, ao ressaltar que não faz ideia de quem será o possível substituto dele a partir de julho. “Não tenho conhecimento ainda. O governador decidirá”, completou o ainda secretário.

Professor e pesquisador aposentado pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e pela Fundação de Medicina Tropical (FMT), respectivamente, Alecrim não pretende parar de trabalhar. “Trabalho fazendo consultorias nacionais e internacionais. Tenho 68 anos ainda e, com certeza, um horizonte de mais 10 ou 15 anos para trabalhar”, declarou.

A razão para tomar a decisão em um fim de semana, segundo ele, foi motivada por “questões pessoais”. Porém, questionado sobre a contenção de recursos que deve ser feita na saúde — nos bastidores do governo fala-se em redução dos plantões e corte do tíquete alimentação —, ele usou uma analogia.

“Com as crises econômicas, é preciso fazer cortes e ajustes nas políticas públicas. Se eu tenho uma estrada para construir em 2015, mas decido construí-la em 2016, nenhuma vida pode ser perdida, nenhum ser humano ficará mutilado ou deficiente por falta dela. Mas, se eu não priorizo a saúde, vidas podem ser perdidas, pessoas podem ser mutiladas ou ficar deficientes. Ajustes têm que existir, mas com prioridades”, enfatizou.

Ficam as obras de infraestrutura

Wilson Alecrim cumpria o segundo período como secretário estadual de Saúde. Ele comandou a pasta entre novembro de 2004 e março de 2008; retornou em julho de 2010 e ficará no cargo até dia 1º do próximo mês. Neste último período, conduziu um programa de investimentos para melhorar a infraestrutura de atendimento dos serviços de saúde no interior do Amazonas que, entre outras realizações, incluiu a construção de 13 novas unidades hospitalares.

Na capital, a Secretaria Estadual de Saúde (Susam) também conduziu projetos importantes em termos de infraestrutura, como a construção da Maternidade Balbina Mestrinho e da ampliação da Fundação do Coração Francisca Mendes; e a construção e implantação do Serviço Residencial Terapêutico Lar Rosa Blaya, para onde foram transferidos os antigos residentes do Hospital Psiquiátrico Eduardo Ribeiro.


Publicidade
Publicidade