Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
SETOR PRIMÁRIO

Engenheiro do AM desenvolve app que auxilia produtores rurais locais

Desenvolvido no AM, o 'Lostapp' traz solução tecnológica para identificar locais de produção que sigam as leis ambientais



1542114__1__827FEB57-4D66-4D38-81F4-8AF8573B6DA3.jpeg O Lostapp já vem sendo utilizado por produtores de abacaxi da comunidade de Novo Remanso, em Itacoatiara. Foto: Divulgação
10/12/2019 às 16:27

A tecnologia aprimora os processos no campo, encontrando soluções para problemas logísticos, burocráticos e de controle de produção, facilitando assim a vida de quem produz. Foi pensando nisso que o engenheiro florestal Francisco Higuchi desenvolveu o aplicativo LostApp.

A ideia surgiu de um projeto do Instituto de Pesquisas da Amazônia (Inpa), com o intuito de apresentar uma maior transparência no controle da cadeia produtiva do primeiro setor, que vai da plantação até a mesa do consumidor.



Funcionalidade

No aplicativo, o produtor pode se cadastrar gratuitamente, efetuando o envio de documentos e as informações solicitadas como o número de cadastro ambiental.

O Lostapp gera de maneira automática a localização geográfica e as coordenadas da propriedade, indicando onde deverá estar a área de produção, segundo a legislação ambiental. Isso permite que o receptor da matéria-prima possa fiscalizar a procedência do produto saber e se ele obedece as leis.

“As alternativas atuais são muito caras porque elas envolvem auditorias, processos, protocolos padrões impostos de cima para baixo para uma classe produtora que, às vezes, não tem condição técnica nem financeira para atender”, indicou Higuchi.

Além disso, é possível também criar lotes, informando o que será plantado, a quantidade, o tamanho do lote e anexar fotos da plantação. Ao fim do processo, isso gerar um QR Code, criando uma coordenada geográfica. Ela, por sua vez, pode ser lida no aplicativo e validada pela transportadora, que indicará se a mercadoria foi recebida na qualidade indicada no pelo produtor. Desta forma, assumindo a responsabilidade pela transferência, evitando fraudes e transtornos.

“Ou seja, se o comprador sabe quanto tempo leva para chegar do fornecedor até a fábrica, caso ocorra algum problema durante o caminho, pode haver a responsabilização de cada elo”, explicou Higuchi.

Público-alvo

O aplicativo tem como público-alvo agroindústrias que desejam ter um maior controle sobre a produção trabalhando conceitos de sustentabilidade e para que cada ator tenha responsabilidade sobre as suas ações e possa verificar o andamento do outro.

O Lostapp encontra-se em fase de testes, mas a startup já vem se destacando em projetos de manejo de pirarucu e na produção de fruticultura na região metropolitana de Manaus.

Ela também obteve reconhecimento em nível local e internacional, com a aprovação para a segunda parte do projeto Centelha, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), e da empresa americana do Oracle, no seu projeto para aceleração de startups.

Mercado internacional

Pensando na exportação da safra para outros países a Unifruit - agroindústria de manufatura de polpa de frutas e açaí, na comunidade de Novo Remanso, no município de Itacoatiara - é uma das empresas que aderiram aos testes do aplicativo.

Entre as vantagens, o presidente Unifruit Claudimar Mendonça destaca a transparência no processo, de modo que facilita que os clientes de outros países verifiquem a efetividade das práticas sustentáveis adotadas pelos produtores.

“Este aplicativo vai ser muito importante, porque o consumidor na Europa vai saber quais propriedades foram fornecedoras da matéria prima e que as pessoas estão respeitando o meio ambiente”, conta.

Pontos

 + Controle Ambiental

O Lostapp permite a visualização dos territórios cadastrados por meio do georreferenciamento facilitando o controle sobre o desmatamento.

+ Segurança

O aplicativo foi totalmente desenvolvido com tecnologia e blockchain, preservando os dados dos usuários como ocorre com as criptomoedas.

+ Feedback

Todos os agentes que participam do processo de produção podem indicar como está o andamento da sua demanda.

News giovanna 9abef9e4 902c 428b a7c8 c97314664fb7
Repórter
Repórter de A CRÍTICA. Sempre em busca de novos aprendizados que somente uma boa história pode trazer.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.