Sábado, 31 de Outubro de 2020
Economia

Apple se torna a primeira empresa dos EUA a valer US$ 2 trilhões na bolsa

No segundo trimestre, a fabricante de iPhones faturou mais de 60 bilhões de dólares e obteve mais de 11 bilhões de dólares em lucro líquido



apple-1-1_5CCC5E55-08F7-4E75-B900-C8828D99C634.jpg Foto: Divulgação
19/08/2020 às 18:13

Nova York, Estados Unidos | AFP | quarta-feira 19/08/2020 - 17:47 UTC-4 | 384 palavras


AMPLIA



A gigante da informática Apple se tornou, nesta quarta-feira (19), a primeira empresa dos Estados Unidos a valer mais de 2 trilhões de dólares na Bolsa de Nova York.

O grupo foi o primeiro a passar a faixa do um trilhão de dólares de capitalização de mercado em Wall Street em 2018. Desde então, foi seguido pela Amazon, Microsoft e Alphabet, a matriz do Google.

Com esse novo recorde, a empresa dobrou de valor em apenas dois anos.

O grupo liderado por Tim Cook acompanhou a gigante do petróleo saudita Aramco, que em dezembro de 2019 se tornou a primeira empresa do mundo a superar os US$ 2 trilhões em valor de mercado. Mas já foi superada pela Apple.

A marca viu seus resultados aumentarem graças ao confinamento pela pandemia de coronavírus.

No segundo trimestre, a fabricante de iPhones faturou mais de 60 bilhões de dólares e obteve mais de 11 bilhões de dólares em lucro líquido.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.