Terça-feira, 31 de Março de 2020
Atrativo

Barcelos se consolida como capital da pesca esportiva da Amazônia

Torneio internacional de pesca esportiva deve movimentar a economia de Barcelos, que se prepara para receber mais de 2 mil turistas



ljkkj_DEC21541-7BEB-4393-9C86-07BA3BB2E006.jpg Foto: Márcio Silva
27/08/2019 às 09:08

A quase 400 quilômetros rio acima de Manaus, a cidade de Barcelos já foi a primeira capital provinciana do Amazonas. A cidade de 27,3 mil habitantes, banhada pelo rio Negro, espera receber mais de 1.500 visitantes em fevereiro de 2020 para o 1º Torneio Internacional de Pesca Esportiva. Mesmo com a distância, amantes de aventuras já preparam suas linhas e molinetes para os dois dias de competição. O evento está programado para ocorrer no dias 22 e 23 fevereiro, segundo o organizador Carlos Serfaty.

Como destino turístico potencial, a cidade também se prepara comercialmente para receber visitantes nacionais e de fora, desde a malha de transportes fluviais e aéreos à rede hoteleira da cidade. Empresários locais miram nos turistas a fim de proporcioná-los uma “experiência amazônica”, movimentando assim os setores da hotelaria, turismo e alimentação.



Barcos hotel, lanchas, hotéis locais, fretamento de aeronaves e restaurantes estão entre os que podem movimentar a economia local durante o torneio. Além do torneio de pesca, um torneio de vôlei e um campeonato de rabeta também são programados para ocorrerem.

Competição

Barcelos que é um dos pontos mais visados para o desporto é também um dos maiores lugares para encontrar-se o famoso tucunaré-açu. Um dos recordes que a região detém foi quando um da espécie, de 12.445 quilos, foi pescado. No torneio do ano que vem, após as equipes fisgarem os animais, será feito o processo de medição e soltura, logo em seguida. São esperadas ao menos 240 equipes, conforme a organização.

Os amantes da pesca esportiva, na maioria, são homens em boa situação econômica que gostam de esporte e natureza.

Ao final do evento, um conjunto de R$ 150 mil em prêmios, como pacotes de pesca, passagens aéreas e bônus em dinheiro de até R$ 15 mil, será entregue. “É um sonho de popularizar a pesca esportiva usando a grande estrutura que temos como o arquipélago de Anavilhanas, a serra do Araçá, como atrativo aos turistas do mundo”, disse.

Economia

Em termos econômicos, os números ainda mostram que a pesca esportiva movimenta cerca de R$ 10 milhões no município e R$ 70 milhões em todo o Estado.

Conforme o presidente da Associação Barcelense de Turismo (Abot), Jorge Gomes, a cidade já conta com 15 empresas atuando no segmento da pesca esportiva na região do Alto Rio Negro. “Movimentamos algo em torno de R$ 10 milhões no município de Barcelos” revela.

Barco hotel

O Princesa da Amazônia, atuante desde 2002, é um dos serviços disponíveis. Com serviços de garçom à guia turístico, agendas são marcadas no (97) 99162- 0291.

Táxi aéreo

Voos fretados de nove a 28 pessoas são negociados até R$ 600. A agência também compra voos da MAP. O número de contato é( 92) 99304-3408.

Restaurante

Surubin ao molho de alcaparra, paca assada e escabeche ao molho de camarão são pratos do restaurante Paraíso, ao lado do Fórum da cidade.

News nicolas marreco 93b3b368 d59c 4897 83f6 80b357382e56
Jornalista
Formado pela Faculdade Boas Novas. Pós-graduando em Assessoria de Comunicação e Imprensa e Mídias Digitais. Com passagens por outros veículos locais, hoje atua nas editorias de política e economia de A Crítica. Valoriza relatos humanizados e contos provocativos do cotidiano.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.