Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
crescimento e retomada

Comércio de bebidas ganha destaque no período pandêmico

Setor investe em retomada gradativa e vem ganhando destaque desde o início da pandemia, em 2020.



1941128_6D130331-C7EE-4C91-8473-A34FDA14FCBF.jpg O empresário Vitor Rabelo aderiu aos aplicativos de bebida para retomada da distribuidora. Foto: Alersson Sicsu/freelancer
22/09/2021 às 12:04

O comércio de bebidas passou por uma reformulação desde o início da crise sanitária provocada pelo Coronavírus — e com isso, foi possível observar o crescimento no número de ‘deliveries’ e de estabelecimentos que enxergaram o momento de inovar ou criar um novo negócio. Esse é o caso de Victor Rabelo, proprietário da Distribuidora DuVictor, que encontrou na pandemia uma nova forma de investir no setor.

“Iniciei esse projeto em maio do ano passado, tem pouco mais de um ano e no início era bar e distribuidora, porque foi o que enxerguei como mais rentável. Como era um bar, coloquei som ao vivo e atendente, o que funcionou somente até dezembro, quando veio o momento mais crítico da pandemia e aquilo tudo se enfraqueceu bastante. Mas, agora o ritmo é de retomada”, conta.



E pensando nesse cenário, um levantamento feito pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) constatou um crescimento recorde na abertura de novas empresas do setor no primeiro semestre de 2021 e além disso, ainda constatou que as empresas que já se mantinham antes da pandemia, tiveram um crescimento acima dos 80% comparado ao mesmo período do ano anterior, apontando a um cenário otimista para quem investe no ramo.

Outro fator interessante que infere essa onda de crescimento também está ligado ao “boom” do comércio digital, que virou uma tendência para quem busca praticidade em um período em que a instantaneidade tornou-se um marco.

Vendas Online

Um dos segmentos que mais conseguiram manter a estabilidade, certamente foi o setor de alimentício e de bebidas, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, a ABComm. Segundo a associação, houve um crescimento de 270% nos pedidos on-line em supermercados e 85% de pedidos em aplicativos de entrega.Arlesson Sicsu/ACProprietário da Distribuidora DuVictor, Victor Rabelo investiu no delivery e conseguiu superar crise da pandemia


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.