Sábado, 22 de Fevereiro de 2020
Qualificação

Fundação de Apoio Muraki terá 11 novos cursos para indústria 4.0 em Manaus

Programa Prioritário de Formação de Recursos Humanos amplia seu portfólio de cursos para 2020. Cursos serão oferecidos de forma gratuita pelo Cetam e pela FPF Tech



Muraki_27012020_03B13E50-97DB-45CE-8A5A-5B201B5EF379.jpeg Finalização do Curso de Especialização em Engenharia e Gestão Industrial, realizado pela UFAMAlunos no curso de Confiabilidade Metrológica e Metrologia Avançada, da UEA/ Foto: Divulgação
28/01/2020 às 15:21

O processo de industrialização requer profissionais cada vez mais capacitados e a Lei da Informática, que possibilita recebimento dos benefícios fiscais para empresas localizadas no Polo Industrial de Manaus (PIM), pode colaborar para o financiamento de cursos e promover o crescimento científico e tecnológico na região.

A Fundação de Apoio Institucional Muraki, através do Programa Prioritário de Formação de Recursos Humanos, já se prepara para ampliar seu portfólio de cursos que deverão ser apresentados para as indústrias neste ano. Elas podem realizar o aporte de 5% do seu faturamento bruto conforme indica a legislação.



Novos cursos

Esse ano serão 11 novas opções de aulas de capacitação voltados para indústria 4.0 que abordarão conteúdos como: Learn Manufacturing, Big Data, Internet das Coisas (Iot), eletrônica digital, dentre outros.

“A Lei de informática não financia cursos muito básicos, como, por exemplo, cursos de informática básica ou mesmo informática avançada, Excel, esses cursos assim muito basilares não são financiados , explica o coordenador do programa prioritário, Fernando Moreira.

Estes novos cursos buscam capacitar os funcionários ou quem pretende buscar uma vaga no PIM.

Eles serão oferecidos pelo Centro Tecnológico do Amazonas (Cetam) e pela Fundação Paulo Feitoza (FPF Tech) ao longo do ano e deverão divulgar as datas para inscrições, a data de início das aulas, o tempo de duração e o público alvo.

Gratuitos

O coordenador informou que os cursos do Cetam serão abertos para população, mas os ofertados pela FPF Tech ainda estão em processo de finalização, mas que todos devem ser financiados integralmente pelos recursos da indústria.

Além delas também estão credenciadas pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) para receber recursos da Lei da Informática, institutos de ciência e tecnologia, universidades públicas e privadas.

“Essas instituições são capazes de dar cursos como universidades, institutos de pesquisa, então elas nos procuram apresentam propostas de curso e nós avaliamos e enquadramos”, conta Fernando.

Apesar da preferência da industrias por formação na área de eletrônica a Lei da Informática também pode abrager projeto de cursos em bioeconomia, energias renováveis, biotecnologia, fármacos e cosméticos, agricultura sustentável e pesca.

Serviço

  • O que? Cursos de capacitação para indústria 4.0.
  • Onde? Centro Tecnológico do Amazonas (Cetam), Fundação Paulo Feitoza e instuições credenciadas (FPF tech).
  • info.: www.cetam.am.gov.br ou muraki.org.br
News giovanna 9abef9e4 902c 428b a7c8 c97314664fb7
Repórter
Repórter de A CRÍTICA. Sempre em busca de novos aprendizados que somente uma boa história pode trazer.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.