Sábado, 08 de Maio de 2021
INOVAÇÃO

Konioca: empreendedora de Manaus cria máquina para tapioca em formato de cone

Marcela Martins idealizou a máquina durante intercâmbio em SP pela Fametro e, de volta a Manaus, conseguiu transformar o protótipo em uma chance de realizar o sonho de abrir um negócio próprio



ela_D499674F-4901-416F-9A87-4E3789DA6616.jpg Foto: Divulgação
15/04/2021 às 14:46

A tapioca é um dos pratos regionais do Norte mais consumidos no Brasil. Da mesma forma que o “acaí em frozen” se popularizou no mundo, a “tapioca em cone” está caindo no gosto de muitos manauaras. Idealizado pela empreendedora Marcela Martins durante um intercâmbio em São Paulo em 2016, a “Konioca” consegue fabricar tapiocas em formatos de cone e adicionar diversos sabores regionais e tradicionais no prato. A tapioca em cone busca conquistar o mercado com uma nova experiência de consumir.

O trabalho de desenvolvimento do primeiro protótipo começou em São Paulo, no Polo de Engenharia onde foram realizados diversos trabalhos desenvolver a máquina, porém sem sucesso. Voltando para Manaus em 2017, com a indicação de um amigo, um torneiro mecânico começou a trabalhar no projeto. Nesse momento o protótipo começou a criar forma na parte estrutural, porém ainda não havia um cone para dar forma. Além disso, a fabricação era de forma manual, não havia parte elétrica.



Em uma viagem de estrada de Belo Horizonte (MG) para Búzios (RJ), Marcela percebeu que havia muitos sítios e fazendas com vendas de panelas teflonadas e de alumínio, e ali viu que poderia desenvolver seus cones. A empreendedora decidiu então morar em Belo Horizonte, e durante a busca de um apartamento acabou encontrando uma tornearia, onde conheceu Paulo. Juntos, começaram a desenvolver e fazer os testes dos cones que duraram quatro meses. Após conseguirem o formato do cone, surgiu outro desafio: a forma de aquecimento não era ágil e prática como Marcela havia idealizado.

Em outubro de 2018, Marcela foi orientada por um amigo engenheiro a procurar a INOVA, uma empresa júnior da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde conseguiu apoio para fazer melhorias na máquina. Ao longo de um ano na INOVA, a Konioca finalmente já estava no caminho certo e no modelo que havia pensado em 2016, sendo entregue em novembro de 2019.

De volta para Manaus, em 2019, começou a procurar uma empresa para capaz de replicar o protótipo e buscar novas melhorias para a máquina. E por indicação de um amigo, conheceu o Alexandre, proprietário de uma empresa de automação. Após a apresentação do projeto, eles firmaram a parceria para a produção de uma máquina automatizada da Konioca. Passou por desenvolvimento e automação do processo, tornando-se o equipamento disruptivo e inovador que é hoje.

Hoje, a Konioca representa um sonho que se tornou um negócio, um negócio de superação, inovação e tapioca.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.