Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Governança corporativa

Pesquisa aponta cenário otimista para o crescimento de empresas familiares no Norte

Resultado será utilizado como base de entendimento para oferecer soluções a partir das necessidades apresentadas pelas empresas participantes da Pesquisa GC



1532142_53D893DF-7C30-48B7-8215-2301888C839E.jpg Foto: Divulgação
14/11/2019 às 09:39

148 participantes de 80 empresas familiares das regiões Norte, Sul e Sudeste do Brasil responderam perguntas relacionadas às expectativas e percepções sobre Mercado e Governança Corporativa em pesquisa inédita realizada pela MB Consultoria, empresa com escritórios em Manaus e São Paulo.

Quando questionadas sobre qual expectativa a empresa teria para o cenário econômico em 2020, 57% respondeu que será um bom ano com uma recuperação gradativa do cenário, o otimismo também predominou na resposta de 20% dos entrevistados que esperam que o próximo ano será muito bom para recuperação da economia e estão otimistas.



Márcia Vieira, consultora da MB Consultoria e responsável pela coordenação da pesquisa, conta que o resultado será utilizado como base de entendimento para oferecer soluções a partir das necessidades apresentadas pelas empresas participantes da Pesquisa GC, compostos por clientes e empresas de fora do portfólio atendido pela consultoria.

“Nós iremos utilizar o resultado da pesquisa para adaptarmos nossas soluções em consultoria para empresas familiares, buscando ampliar a aderência dos projetos de governança corporativa às reais necessidades e desafios das empresas, forneceremos os resultados da pesquisa para nossos clientes que são empresas familiares, eles certamente poderão aprender e comparar suas necessidades com as outras empresas”.

Perfil

84% dos respondentes da pesquisa fazem parte da família e estão na primeira geração dos fundadores, 39% trabalha na empresa, não é sócio e não é familiar; 36% é sócio, familiar e trabalha na empresa e 43% dos respondentes fazem parte do Top-Down da liderança das empresas.

Sobre a formação dos participantes da pesquisa, 88% possui ensino superior completo ou em andamento, quanto à idade, o levantamento dividiu em grupos por geração, 31% são “Baby Boomers”, com idades entre 50 a 64 anos; 49% são da geração “X Gen”, de 35 a 49 anos; 16% são “Y Gen”, de 21 a 34 anos de idade e apenas 4% são da “Geração Silenciosa” com mais de 65 anos.

Por idade de fundação, 46% das empresas respondentes à pesquisa possuem entre 11 e 30 anos, 39% até uma década e de 31 a 50 anos, apenas 14%.

Sobre autoavaliação, 44% das empresas entrevistadas consideram-se um grupo forte, mas necessita de melhor estruturação e encontram-se com idade entre 31 e 50 anos de fundação.

Percepção empresarial

O superintendente do Grupo Dedé, Sidnei Dutra, avalia a governança corporativa como uma ferramenta importante para a profissionalização da gestão de empresas familiares, desde 2016 quando passou a integrar o Grupo para acelerar o processo de implantação da ferramenta, o Grupo também é cliente da MB Consultoria e respondeu a pesquisa. “A governança corporativa, principalmente em empresas familiares tem um papel muito importante que é profissionalizar a gestão e trazer assertividade nas tomadas de decisão, além de trazer uma visão de negócio para um público que normalmente nasceu de uma junção familiar. O Rogério e o Dedé (sobrinho e tio), que são os sócios fundadores, já tinham essa visão de fazer um treinamento sobre ferramentas mais modernas de gestão, e com a minha entrada veio a acelerar esse processo, eu sou administrador, já trabalhei em multinacionais, então é uma outra ideia de negócio e para eles também mudou com a governança corporativa”, avaliou.

Resultado

Pesquisa empresas familiares: suas expectativas e percepções sobre mercado.

Entrevistados:148

Empresas: 80

1ª geração: 87%

Sócio/familiar: 36%

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.