Segunda-feira, 25 de Maio de 2020
Oportunidade

Produtos e serviços à domicílio ajuda clientes e empresas

De comida a produtos: em tempos de epidemia empresas aproveitam para oferecer serviços de entrega em casa



1589442_AE9935F5-5D63-427B-AF7C-1CAAF4E59E2A.jpeg Divulgação
08/04/2020 às 12:14

Com a atual pandemia do Covid-19, as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) são claras: quem puder, evite sair de casa. Neste contexto, a busca por serviços de entrega tem sido uma alternativa para quem não quer correr o risco de se expor ao vírus.

A autônoma Carla Casanova, 33, é uma dessas pessoas. Por questão de consciência e prevenção, ela decidiu fazer uma quarentena voluntária. Neste período de reclusão, ela tem procurado serviços e produtos que tenham como diferencial o atendimento a domicílio.



Por ser autônoma, Carla entende a necessidade de valorização de empresários e microempreendedores locais, como Thiago Cid, de quem ela comprou uma bolsa esportiva. “Eu podia ter comprado de uma grande marca, mas entendo como é um momento difícil para quem é um pequeno”, conta.

Thiago Cid é um dos empresários que atuam na Soma - Loja Colaborativa. Nos últimos dia a equipe viu o movimento da loja física diminuir em aproximadamente 70% do seu público. A medida emergencial foi adotar o serviço de entregas. “A gente se cadastrou numa plataforma de entrega. Essa é só a primeira de muitas medidas que a gente ainda vai tomar para lidar com a situação econômica causada em decorrência do coronavírus”, compartilha.

Farmácias

Entre os setores que mais têm visto a procura por entrega aumentar estão o de supermercados e drogarias. O serviço do Pátio Gourmet, por exemplo, registrou o triplo do número de pedidos na última semana. O crescimento foi, principalmente, solicitações feitas por idosos, pessoas com doenças crônicas e famílias com crianças pequenas - público de maior risco. Segundo a gerente do e-commerce, Aline Soares, o serviço é mais uma alternativa disponível para os clientes, que estão preferindo passar mais tempo em casa.

O serviço de entrega da Drogaria Santo Remédio - Santa Entrega - registrou nos primeiros 15 dias de março, aumento de 20% no números de ligações.

Entre os pedidos, os produtos mais desejados são: polivitamínico, inalador, álcool em gel, fraldas e vitamina C.

A loja D’Casa já tinha no seu portfólio de serviços, o “D’Casa na sua Casa”. Neste serviço, os consultores da loja vão até a casa do cliente e decoram o espaço de acordo com a solicitação de cada um. O cliente não paga a mão de obra, arca apenas com as peças que desejar ficar.

A fim de contornar a diminuição de público na loja, a solução foi intensificar a divulgação deste serviço, que atende o cliente no conforto do lar.

“Sabemos que as grandes memórias que temos da nossa infância aconteceram no conforto do lar. Então, este é o momento perfeito para investir naquilo que temos de mais precioso: o conforto da nossa família”, afirmou a empresário Simone Haddad.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.