Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020
Adaptação

Empresas focam em marketing digital para sobreviver durante crise

Em tempos de crise econômica, empresas de diversos setores buscam formas de estabelecer uma nova comunicação com seus clientes, agora pelo meio digital



1599918_799422B1-2E83-47E4-9D53-36B4EC54A0A7.jpeg Foto: Divulgação
20/04/2020 às 21:08

A capacidade de empresas recriarem os seus negócios tem sido posta à prova. Para alguns empresários como Mansur Seffair, proprietário Filé do Chef, o impacto tem sido reduzido pois, o restaurante já contava com a entrega em domicílio há três anos.

Além disso, os valores dos pratos diminuíram para criar um hábito nos clientes e assim a queda das vendas presenciais tem sido sobreposta pelo crescimento dos pedidos em casa. Mansur considera os investimentos em marketing como fator primordial para o sucesso das novas práticas.



“O conselho que eu tenho dado a colegas para saber como funciona o delivery, eu falo: invista em marketing e propaganda, porque não é do dia para noite que você vai fazer o seu delivery. A pessoa que está acostumada com seu ponto físico tem que saber pelo menos do serviço, e você tem que comunicar de forma eficiente”, enfatiza Seffair.

Pensando nisso, empresas de diversos setores da economia buscam formas de estabelecer uma nova comunicação com seus clientes, agora pelo meio digital. Essa mudança de comportamento das marcas tem desafiado o marketing.

Na Agência AMP, o diretor de atendimento Gibson Araújo, analisa duas frentes que tem sido fortalecidas durante a pandemia os aplicativos de mensagens com o WhatsApp que facilita o acesso dos clientes com as entregas; e as redes sociais que fazem vitrine para os seus produtos.

Gibson destaca ainda que as grandes marcas estão investindo na capacitação de pessoas e melhoria dos serviços de entrega a domicílio e mídias digitais, enquanto as mídias tradicionais como imobiliário urbano e outdoors perderam força durante a pandemia.

“Como as pessoas passaram a ficar mais em casa naturalmente, pela questão o home office entre outras circunstâncias, o acesso à internet teve um ‘boom’ muito grande. Então, massificar o nome nesse momento, mantendo forte o posicionamento de marca na cabeça do consumidor é de fundamental importância”, ressalta o diretor da agência.

O diretor acredita que após a crise sanitária as praticidades apresentadas pelas empresas à população no meio digital devam permanecer devido a otimização do tempo e a comodidade que essas novidades têm representado na vida dos clientes.

Contudo, Araújo diz ainda que essa é uma oportunidade para testar a resiliência dos negócios que precisam agora se adequar e recriar o jeito de atingir seu público-alvo e descobrir novos nichos de atuação que no futuro podem expandir o faturamento.

Blog

Iná Futino Barreto - Professora de publicidade e propaganda

“O trabalho de marketing é muito importante para três funções essencialmente: Ajudar a entender e revisar as previsões de vendas, bem como as mudanças de comportamento de consumo que poderão ser uma ameaça ou oportunidade no futuro. Ajudar a manter a marca viva na mente dos consumidores por meio de ações de comunicação (publicidade e relações públicas). Ajudar na revisão do mix de marketing (4 Ps) para essa nova realidade durante e pós-pandemia. Importante a empresa ter um conhecimento dos seus consumidores, principalmente os “heavy users”, pois criar uma estratégia digital emergencial é importante, mas não adianta nada se a empresa não souber como seus consumidores se comportam".

News giovanna 9abef9e4 902c 428b a7c8 c97314664fb7
Repórter
Repórter de A CRÍTICA. Sempre em busca de novos aprendizados que somente uma boa história pode trazer.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.