Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
Mudança de vidas

Cetam qualifica profissionalmente e muda vidas

Uma equipe pedagógica da instituição lançou, dia 15 de fevereiro deste ano, o “Guia metodológico para o ensino remoto”



64a33d8a-c990-4f71-9665-544db7160e64_B92FA0D6-5135-4963-8C4E-03991290983D.jpg Márcia já fez três cursos: Depilação, Massagem com pedras quentes e acabou de concluir o curso Técnico de Estética. foto: Divulgação
27/04/2021 às 11:49

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) tem mudado a vida de milhares de pessoas por meio da qualificação profissional. E, nesse período de pandemia, essa missão tem sido potencializada.

Em 2021, com a retomada das atividades por meio do formato on-line, o sonho de muitas pessoas transformou-se em realidade. Esse é o caso de Márcia Maria Alves de Lima, 49, e de Isaac Torres da Silva Júnior, 23.



Márcia é uma assídua participante dos cursos ofertados pelo Cetam. Ela tem preferência pela área da beleza e se qualificou em três cursos: Depilação, Massagem com pedras quentes e acabou de concluir o curso Técnico de Estética.

Já Isaac concluiu o curso Técnico em Segurança do Trabalho. Em ambos os casos, graças à qualificação obtida no Cetam, os estudantes estão trabalhando em suas respectivas áreas e contribuindo para o sustendo da família.

Reinventando-se aos 40

“O mercado de trabalho fica difícil para pessoas acima dos 40 anos, que não têm formação superior. Então entrei na área da beleza para trabalhar por conta própria, fazendo manicure. Depois passei a fazer depilação e estética”, contou Márcia.

“Nos cursos da área de beleza e saúde encontrei uma paixão que não sabia que tinha. E ganhei mais vida com a volta ao mercado de trabalho, podendo ganhar meu salário com o esforço do conhecimento que adquiri estudando”, destacou a profissional da beleza.

Com os três cursos de qualificação profissional, Márcia foi à luta e hoje trabalha por conta própria com atendimentos em domicílio. Mas ela também faz freelancer em salões de beleza. “Pretendo ter meu próprio espaço.”

Para Márcia, o Cetam proporcionou uma guinada em sua vida e um horizonte de oportunidades descortinou-se à sua frente. “Sinto orgulho da instituição Cetam. Tenho prazer em dizer que estudei e que ainda estudo lá”, disse, exaltando a qualidade da Escola de Formação Profissional Padre Estelio Dalison, unidade do Cetam em Manaus onde realizou todos os cursos.

Márcia ressalta que trabalha com determinação para um dia ter seu próprio espaço e, assim, poder atender mais clientes. “A pandemia tem dificultado um pouco porque, no meu formato de atendimento, as pessoas não querem receber ninguém em casa. Mas creio em Deus que tudo vai melhorar”, disse.

O diretor-presidente do Cetam, Prof. Dr. José Augusto de Melo Neto, reforça a preocupação do Centro em não deixar os alunos sem atividade. Por conta disso, uma equipe pedagógica da instituição lançou, dia 15 de fevereiro deste ano, o “Guia metodológico para o ensino remoto”. Segundo ele, o objetivo foi poder dar início às aulas, de forma remota, sem deixar a aprendizagem dos alunos prejudicada.

Sobre o ensino remoto, Márcia conta que precisou se reinventar. “Não vou dizer que foi fácil. Nosso curso é técnico e a aula presencial é primordial. Precisei exercitar e manter o foco. Em casa, as coisas dão a falsa impressão de que serão mais fáceis. Mas os filhos, netos e os deveres tiram a nossa atenção”, avaliou, acrescentando que o curso de formação técnica em estética tem duração de um ano e meio. Mas devido à pandemia, a última turma concluiu em dois anos.

Primeira formação técnica

“Eu e todos da minha turma podemos falar, com orgulho, que agora somos técnicos em Segurança do Trabalho”, ressaltou Isaac Torres da Silva Júnior, que foi efetivado na empresa Jabil quando ainda fazia o curso pelo Cetam.

“Meu chefe queria me contratar desde novembro de 2020. Porém, ele precisava do meu diploma para poder me efetivar como Técnico de Segurança”, lembra Isaac que, agora formado e empregado, pensa em se aperfeiçoar ainda mais.

“Sou estudante de Engenharia Mecânica. Quero terminar essa graduação e fazer especialização em Engenharia de Segurança. Pretendo continuar trabalhado na área de segurança”, destacou.

 “O curso é maravilhoso! Faz a pessoa mudar o modo de enxergar as coisas e ter um olhar mais crítico em relação a tudo”, disse Isaac, que foi o juramentista da turma. “Sou extremamente grato por ter sido indicado.”

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.