Sábado, 18 de Setembro de 2021
Investimento na educação

Governo do AM faz investimento de R$ 400 milhões na educação

Com o lançamento do projeto de grande escala, Wilson Lima afirmou que 80% do seu plano de governo já foi executado



1473d647-3370-4fc7-b83a-454255f9db57_01DA6DBB-38B1-4E55-8C58-055377E81D7C.jpg Foto: Junio Matos
23/07/2021 às 13:42

A educação do Amazonas recebeu nesta manhã o maior investimento feito em toda sua história. O governador do estado, Wilson Lima (PSC) lançou nesta sexta-feira (23) o programa “Educa+Amazonas”, que reúne 13 projetos prioritários com investimento da ordem de R$ 400 milhões nas redes públicas estadual e municipais de educação.

A cerimônia de assinatura aconteceu no Centro de Convenções Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.

Com o lançamento do projeto de grande escala, Wilson Lima afirmou que 80% do seu plano de governo já foi executado.

“Este é um momento muito importante para mim porque hoje nosso governo cumpre 80% do plano de governo elaborado no início da nossa gestão em 2018. Isso me faz ter ainda mais vontade de continuar com o que estamos pela frente. Hoje estamos investindo nos jovens que são essenciais para o nosso futuro. É o maior investimento para a educação do Amazonas em todos os tempos”, declarou Lima.

Luís Fabian, titular da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc-AM), ressaltou que o segmento é tão essencial quanto a saúde.

“Em fevereiro de 2020 quando assumi a Seduc recebi uma tarefa árdua, mas que tive muito prazer de executar. Trabalhamos de forma incansável, nas palavras do governador, sem nunca deixar ninguém para trás. A secretaria destinou R$ 150 milhões em abono a servidores da educação. Inclusive, grande parte destes nunca tinha sido contemplados alguma vez. Este foi o maior valor que a Seduc destinou para este fim”, comentou Fabian.

Eixos prioritários

O programa “Educa+Amazonas” contempla quatro eixos prioritários definidos pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc). São eles: recuperação da aprendizagem; qualificação e reconhecimento dos profissionais da educação; preparação do estudante para o futuro; e meio ambiente e sustentabilidade.

O eixo com maior investimento é o de recuperação da aprendizagem, com R$ 168 milhões, contemplando aulas de reforço gratuitas, fardamento, material escolar, material didático para auxiliar na aprendizagem e preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e Sistema de Avaliação Educacional do Desempenho Educacional do Amazonas (Sadeam). Os recursos estão sendo aplicados em 2021 e serão executados, também, em 2022.

O eixo voltado para a qualificação e reconhecimento dos profissionais da educação prevê um investimento de R$ 107 milhões. Contempla a formação dos professores das redes públicas e desenvolvimento das políticas de valorização da rede estadual, com a retomada do 14º e 15º salários aos profissionais da educação.

Os projetos voltados à preparação do estudante para o futuro somam investimentos de R$ 98 milhões e também serão aplicados ao longo de 2021 e 2022. Para os projetos voltados ao meio ambiente e sustentabilidade, estão sendo destinados R$ 31 milhões.

Recuperação da aprendizagem

Para a recuperar a aprendizagem dos alunos das redes públicas e minimizar os impactos da pandemia da Covid-19, o Governo do Amazonas criou o “Contraturno Digital” e “Pronto pra Aula”.

O “Contraturno Digital” vai ofertar aulas de reforço escolar, pela televisão aberta e internet, associadas ao uso de plataformas e ferramentas tecnológicas aos alunos do Ensino Fundamental. A programação de reforço escolar estará disponível para mais de 600 mil estudantes, pelos canais da Secretaria de Educação, em parceria com a TV Encontro das Águas (Manaus, Iranduba, Manaquiri, Careiro da Várzea e Rio Preto da Eva), e internet, aos demais municípios.

Já o “Pronto pra Aula” teve sua atividade iniciada em maio deste ano, com a volta às aulas presenciais, e garantiu a distribuição de fardamentos e kits de material escolar, pedagógico e de fanfarra aos estudantes da rede estadual de ensino. Os livros de recuperação da aprendizagem e preparação para o Enem, Saeb, Sadeam e Educação de Jovens e Adultos (EJA) também fazem parte do projeto.

Qualificação e reconhecimento

No eixo de qualificação e reconhecimento dos profissionais da educação, o Governo do Estado vai desenvolver os projetos Mestre Qualificado, Trilhas do Saber, Educação Premiada e Cepan Digital.

No Mestre Qualificado, serão ofertados cursos de pós-graduação lato sensu a todos os professores e pedagogos que atuam nos anos iniciais das redes públicas estadual e municipais. O curso será ofertado pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), atendendo mais de 15 mil profissionais.

A política de valorização dos profissionais será retomada com o pagamento dos 14º e 15º salários àqueles profissionais que alcançarem as metas pré-estipuladas para suas respectivas escolas.

O Trilhas do Saber e Cepan Digital terão suas atividades focadas na formação continuada dos profissionais da educação, com atividades presenciais e à distância e alcance nos 62 municípios do Amazonas.

Preparando para o futuro

No grupo de projetos com foco na preparação do estudante para o futuro, estão: Na Ponta da Língua, Educação Empreendedora, Fazer para Aprender, EduTech e Da Escola para o Trabalho.

Juntos, eles atuarão na formação de profissionais criativos, empreendedores, com pensamento crítico e habilidade para solucionar problemas, com conhecimento em programação e uso de tecnologia. Tudo isso dentro das novas propostas curriculares para os ensinos Fundamental e Médio definidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Meio ambiente e sustentabilidade

Os projetos Escola da Floresta e Fazenda Escola serão desenvolvidos para a criação de três unidades de ensino diferenciadas, que servirão de ambiente para formação de agentes de proteção da floresta, e o envolvimento e a aproximação dos estudantes da rede estadual às atividades do setor primário, respectivamente.



News b9c859f0 b845 415e 97aa d9fe4eb65dc1 96581f6b 36a1 4a7c a5d9 8f8c56b0b256
Repórter de A Crítica
Amazonense, nascido e criado em Manaus. Graduado em Jornalismo e mestrando em Antropologia Social, ambos pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.