Terça-feira, 03 de Agosto de 2021
PROVÃO ELETRÔNICO

Uma nova chance aos estudos: Provão da Seduc reinicia inscrições e reacende sonhos

Exame Supletivo da Seduc faz com que pessoas como o casal Josiele e Adevan tenha uma nova oportunidade de concluir seus estudos e receber o sonhado certificado



IMG0017547815_760D8485-000A-4DBC-9B27-9EFD812127DE.JPG Foto: Gilson Mello
20/06/2021 às 05:00

A motivação para concluir o ensino básico surgiu em um dia inesperado para Josiele da Silva Santos, de 34 anos. Ela, que realizou esse sonho anos após ter largado os estudos, logo ingressou em um curso e hoje já é técnica em enfermagem. Josiele também incentivou seu esposo, o motorista Adevan Monteiro Cunha, 28, a fazer o mesmo. Ambos têm histórias parecidas: pararam de estudar cedo, e ficaram mais de uma década longe da escola, até que decidiram retomar os estudos e garantir novas oportunidades de emprego.

A conclusão dos estudos para aqueles que, assim como o casal Adevan e Josiele, tiveram que interrompê-los e não conseguiram finalizar na idade adequada, é oportunizada pelo Exame Supletivo da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc). O Provão Eletrônico retomou as inscrições na última segunda-feira (14), e voltará a ser aplicado de forma presencial, em quatro unidades de Manaus, com 50% da capacidade de lotação.



São diversos os fatores sociais que levam as pessoas a interromperem os estudos. A necessidade de trabalhar é o principal motivo apontado por jovens de 14 e 29 anos, de acordo com uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse foi, justamente, o motivo que fez com que Adevan parasse de estudar aos 14 anos, e Josiele aos 20.

“Certo dia eu fiquei doente, estava muito mal, e não sabia o que era, então, fui ao hospital e lá fiquei olhando aquelas meninas todas novas, as técnicas em enfermagem, todas de branquinho, e eu pensei queria ser igual a elas um dia. E fiquei só observando e pensando: se elas podem, eu também posso. Foi nesse dia em específico que a minha paixão pela enfermagem surgiu”, contou Josiele, que logo após o episódio decidiu retomar os estudos.

Josiele conta que estava em um ônibus quando outra passageira falou para ela sobre o exame supletivo. Nesse período, sem conhecer o provão da Seduc, ela tentava concluir os estudos na forma tradicional, e acordava todos os dias às 4h da manhã para conseguir chegar a tempo na escola. Ela confessa que a rotina era muito cansativa, pois tinha filho pequeno e precisava deixar mamadeira pronta para a criança que ainda amamentava. 

Já esgotada da rotina, Josiele resolveu se inscrever no Provão da Seduc. “Eu fiz a primeira prova e vi que era um pouco difícil, são muitos assuntos, mas eu continuei estudando e tentando. A prova não é fácil. Eu achei muito difícil. Não dá pra passar na doida, no chute, tem que estudar mesmo”, relatou Josiele, que se inscreveu no provão conseguiu concluir o ensino médio em apenas um mês.


Após se inscrever no Provão Eletrônico, Josiele conseguiu o sonhado certificado em apenas um mês. Foto: Gilson Mello

Depois disso sua carreira profissional alavancou. Ela ingressou em um curso técnico de enfermagem e agora já pensa na graduação também na mesma área. “Receber o certificado foi uma vitória imensa pra mim, e saber que agora posso fazer outros cursos. Eu sempre digo que é preciso acreditar em si mesmo, e pra qualquer pessoa que vejo eu digo ‘mana, estuda’. Meu esposo mesmo foi uma dificuldade pra ele terminar, mas entre trancos e barrancos, ele fez o supletivo e conseguiu passar também”, relatou.

Influência da esposa

Adevan interrompeu os estudos aos 14 anos, no 5º ano do ensino fundamental, e aos 16 anos saiu de casa, o que dificultou ainda mais o seu retorno à escola. Ele tentou voltar em 2019, mas devido às prioridades familiares e o trabalho, acabou desistindo. “Tinha que ficar mais tarde no trabalho, aí passava dias sem ir pra aula, perdia provas e trabalhos, aí isso me desmotivou muito, porque era muito trabalho pra pouco tempo, aí eu parei no meio ano”, contou.

Mas através de sua esposa Josiele, ele encontrou motivação para concluir tanto o ensino fundamental quanto o ensino médio por meio do Exame Supletivo. Adevan revela que, agora o foco dele é fazer um curso de radiologia. “Eu quero me qualificar para o mercado de trabalho. Já perdi muito emprego porque não tinha um diploma, às vezes tinha até experiência, mas exigiam o diploma”, relatou o motorista, ao destacar que foi uma alegria inexplicável quando finalmente recebeu o certificado.


O provão retomou inscrições para realização presencial. Foto: Divulgação/Seduc-AM

Nova oportunidade

Para o secretário de Educação, Luis Fabian Barbosa, o Exame Supletivo representa uma nova oportunidade para aqueles que, por alguma razão, não conseguiram concluir os estudos, seja no nível Fundamental ou no Médio, na idade certa. “Concluindo os estudos, os candidatos têm mais possibilidades de ingressar no Ensino Superior, além de obterem melhores condições no mercado de trabalho”, destacou.


Luis Fabian destaca a possibilidade de novas oportunidades que surgem com a conclusão dos estudos. Foto: Divulgação/Seduc-AM

“É de extrema importância que todos tenham a possibilidade de regularizar ou finalizar os estudos, independentemente da idade. Nossa meta, enquanto Secretaria de Educação, é permitir acesso e oportunidades a todos que assim o quiserem. Por isso, após uma longa pausa, em razão da pandemia da Covid-19, estamos retomando, com todos os cuidados, claro, a aplicação do Provão Eletrônico”, completou o secretário.

De acordo com a coordenadora do Provão Eletrônico, Kátia Mendes, a expectativa para esse ano de 2021 é atender a demanda de 18 mil candidatos que não puderam realizar suas provas por conta da pandemia. Ela ressalta que, a aplicação das provas será retomada de forma gradativa e responsável, seguindo todos os protocolos de segurança contra a covid-19.

Inscrições

Pela situação vivida (pandemia de covid-19) nos anos de 2020 e 2021, houve redução de 65% na expedição de certificados, de acordo com a coordenadora do provão. Em números, foram 439 certificados no Ensino Fundamental e 1627 certificados no Ensino Médio, nos anos de 2020 e 2021.

Com inscrições abertas, os candidatos podem realizar cadastros e agendamentos da Prova Eletrônica do Ensino Fundamental ou Ensino Médio, através do site examesupletivo.seduc.am.gov.br, e sanar sua pendências escolares.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.