Domingo, 16 de Maio de 2021
Segundo turno

Amazonino Mendes e David Almeida dão início à disputa do segundo turno

Com uma diferença de menos de dois pontos percentuais, Amazonino Mendes e David Almeida vão para a segunda fase da eleição



show_show_sim_e_n_o_ter_a_55747B1B-99EE-4B29-8798-73029C81EB06.jpg Foto: Arquivo A CRÍTICA
16/11/2020 às 07:35

Com uma diferença de menos de dois pontos percentuais, Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante) confiram o confronto  no segundo turno da eleição para a Prefeitura de Manaus. A campanha, encurtada por conta da pandemia do novo coronavírus, terá o seu desfecho no próximo dia 29.

Com 100% da seções totalizadas, o ex-governador registrou 23,9% da votação, ou 234 mil votos. O ex-deputado marcou 22,3%, o que representa 218,9 mil votos. Uma diferença de pouco mais de 15,1 mil votos. Ou 1,55% entre os dois candidatos.



A terceira colocação na disputa da primeira etapa ficou como petista José Ricardo (14,2%). Ricardo Nicolau (PSD) terminou com a quarta colocação (12%). Os bolsonaristas Coronel Menezes (Patriota) e Alberto Neto (Republicanos) alcançaram a quinta e a sexta posições, respectivamente (11,3% e 7,8%). Alfredo Nascimento (PL) chegou em sétimo lugar (3,2%), seguido de Romero Reis, do Novo,  (2,9%), Chico Preto, do DC (1,6%), Marcelo Amil, do PCdoB (0,2%) e Gilberto Vasconcelos, do PSTU (0,08%).

De um total de 1.088.826  votos apurados, 6,05% foram anulados pelos eleitores. O que totaliza 65,8 mil votos. A quantidade de votos em branco chegou a 43,9 mil ou 4,04% do total. A ausência nas urnas é uma das mais elevadas das disputas eleitorais na capital. Mais de 242,7 mil pessoas aptas a votar se abstiveram no primeiro turno. O que equivale a 18,2%.

Paz e amor

Após a divulgação dos primeiros resultados que apontam Amazonino  agradeceu aos eleitores e também aos concorrentes por meio de um live transmitida em um telão que instalado no Comitê Central do partido, na rua Galícia, 32, conjunto Jardim Espanha II, Adrianópolis.

"A vontade que eu tenho enorme é de abraçar vocês. Muito obrigado. Vocês me honraram até não poder mais. Um abraço a todos. E aos colegar que perderam a eleição que também fiquem com a graça de Deus. E aos que conseguiram ir para o segundo turno, eu e o meu adversário direto, que Deus também ilumine. Tudo para o bem comum. Isso é que importa. Um abraço enorme do 'Negão'", declarou o candidato.

Vice de Amazonino, o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) ressaltou que a experiência de Amazonino é a “carta na manga” para a vitória no segundo turno.

“Estamos com uma boa expectativa. Ao longo do primeiro turno nós sentimos a receptividade das pessoas para com Amazonino e para comigo. Tenho certeza que esta eleição será eleição em que o povo irá ponderar pela experiência. Em 2018 nós tivemos o exemplo da aventura das eleições que custaram muito caro para o Amazonas. A prefeitura está enfrentando uma pandemia. Nós vamos ao segundo muito confiantes e entendemos que Manaus não irá apostar mais em uma aventura”, declarou Wilker

Nas ruas

Sentimento de dever cumprido, assim foi o discurso de David Almeida após a consolidação do seu nome para a disputa no segundo turno. E enfatizou  que estratégia para o segundo turno é ir às ruas buscar conquistar os eleitores em lugares que foram poucos visitados até agora. Ele não falou se buscará o apoio dos outros prefeituráveis.

“Eu já começo amanhã vou entrar na porta de fábrica, entrar em feiras, mercados, shoppings. Eu Rotta, minha filha os nossos candidatos e vamos trabalhar para fazer de Manaus uma cidade melhor”, disse.

Durante a sua fala com a impressa Davi indicou que deverá realizar um procedimento de inseminação artificial, para ser pai novamente a partir da implantação de embriões com código genético dele e da esposa Lucia Almeida, falecida em dezembro do ano passado, que serão fecundados pela cunhada.

O vice de David, Marcos Rotta, festejou o resultado, na avaliação dele, acima do esperado e apontado pelas sondagens de intenção de voto. Ressaltou a opção da coligação denão buscar “grupos tradicionais” ou apoio de “velhos caciques”. Com respeito,   se dirigiu ao adversário ao falar que Amazonino “tem uma bela trajetória política, mas Manaus precisa avançar”.

Rotta também ironizou a forma com a qual  o concorrente vem realizando a sua campanha, afirmando que a cidade não poderia ser administrada à distância e que ele e David não traçãram grandes esquemas de marketing e não seguem “scrit”  nem “marqueteiro” para conquistar o eleitorado. Disse que vão manter, no segundo turno, a determinação de conquistar o eleitorado nas ruas.

 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.