Sábado, 14 de Dezembro de 2019
PRECAUÇÃO

Braga vota e trata chance de segundo turno com cautela: "um passo de cada vez"

Candidato votou acompanhado da família e de aliados, como o candidato a vice Marcelo Ramos e a senadora Vanessa Grazziotin



06/08/2017 às 09:13

O candidato a governador Eduardo Braga (PMDB) votou, por volta das 8h50, na Escola Municipal Professora Eliana Lúcia Monteiro da Silva, no Santo Agostinho, ao lado da sede do governo. 

Braga encabeça a coligação ‘União pelo Amazonas’ formada pelo PMDB, PR, PCdoB PTB, PSDC e Solidariedade. Ele estava acompanhado da esposa, Sandra Braga, da filha Bruna e de aliados, como a senadora Vanessa Grazziotin e o ex-deputado Eron Bezerra, ambos do PC do B. O candidato a vice da chapa, Marcelo Ramos, também esteve com Braga no local. 



Em seguida, ele acompanha Marcelo Ramos (PR), que irá votar na Escola Superior de Tecnologia da UEA. O candidato deve esperar o resultado da eleição em casa, na Ponta Negra. 

"Esse é um momento histórico. Melo foi cassado e o povo irá escolher o novo governador", destacou Braga, que falou com cautela sobre um eventual segundo turno. "Vamos dar um passo de cada vez, em caso de segundo turno. Lutamos para que existisse essa eleição. Vamos aguardar e decidir os caminhos".

Ele afirmou, ainda, que seus adversários usaram a máquina administrativa na campanha. "O governador tem direito de apoiar quem quiser, mas não pode exacerbar a máquina, tal qual o prefeito de manaus, que tem um candidato . Isso não é permitido e a legislação já provou através da cassação do Melo. Pela primeira vez o direito foi devolvido para o direito originário, que é da população". 

Braga foi o segundo candidato a votar. O primeiro foi Luiz Castro, da Rede, que falou que sua candidatura serviu para uma resistência democrática. 

Segundo Eduardo Braga, a primeira ação administrativa será a implementação de um plano emergencial de 120 dias (quatro meses) para atuar no combate ao desemprego em Manaus e no interior que terá como medidas prioritárias a redução em 13% do ICMS dos produtos da cesta básica; a retomada das obras paralisadas, como por exemplo, a Avenida das Torres, a duplicação da AM 070 (Manaus-Manacapuru).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.