Terça-feira, 22 de Junho de 2021
TCU

Candidatos com patrimônio de mais de R$ 1 milhão receberam auxílio emergencial

No total, dezenove candidatos do Amazonas - sendo três postulantes a prefeituras do interior e cinco candidatos a vereador em Manaus - receberam o auxílio do Governo Federal



patri0_40657688-42AA-4E57-90BA-181DA0D10EBB.JPG
06/11/2020 às 17:07

Dezenove nomes do Amazonas fazem parte da lista elaborada pelo  Tribunal de Contas da União (TCU) de 10,7 mil candidatos que declararam patrimônio igual ou superior a R$ 300 mil e que receberam o auxílio emergencial pago pelo governo federal a pessoas de baixa renda ou desempregados durante a pandemia do novo coronavírus.   

A relação completa pode ser acessada no  Congresso em Foco. A lista foi liberada por decisão do  ministro Bruno Dantas, do TCU. O tribunal identificou 1,3 mil candidatos com patrimônio declarado superior a R$ 1 milhão também beneficiados com o auxílio emergencial. Nessa condição se encontram todos os 19 candidatos do Amazonas. 



Cinco deles concorrem à Câmara Municipal de Manaus (CMM). A saber: João Kennedy de Lima Marques (R$ 1,015 milhão); José Ribamar Gama Santos (R$ 1,015 milhão); Rosemi Ferreira da Silva (R$ 2,1 milhão), José Raimundo Fernandes de Oliveira (R$ 1,8 milhão); José Iran Figueiredo de Lima (R$ 2 milhões).

De acordo com o documento, João Marques e José Santos receberam, cada um,  R$ 600 de auxílio do governo federal. Em nome de Rosemi da Silva consta benefício de R$ 2,4 mil. José Raimundo e José de Lima  têm registro de R$ 1,8 mil e R$ 1,2 mil, respectivamente. 

Três candidatos a prefeito de municípios do interior do Amazonas são beneficiários do auxílio contra a covid. Almir Rodrigues dos Santos, de Apuí, informou à Justiça Eleitoral possuir R$ 1,2 milhão em bens. Recebeu R$ 2,4 mil de ajuda. O patrimônio de Luiz Augusto da Silva, de Careiro da Várzea, soma R$ 1 milhão. Em nome dele tem auxílio de R$ 1,8 mil. Enilton Vasconcelos, de Eirunepé, é detentor de R$ 1,045 milhão. O auxílio pago a ele foi de R$ 1,2 mil. 

Os demais candidatos a vereador, no Amazonas, elencados pelo TCU são: Vanda Ferreira, de Alvarães, com patrimônio de R$ 1,099 milhão; Antônio Ramos Filho, de Apuí, (R$ 3,1 milhões); José Odri de Araújo, de Benjamin Constant,  (R$ 1,1 milhão); Aluízio Nascimento, de Boa Vista do Ramos (R$ 82,5 milhões); Jonatas do Nascimento, de Humaitá (R$ 1,3 milhão); Geraldo Carneiro Monteiro, de Maués (R$ 1,1 milhão); Ana Paula Santos, de Presidente Figueiredo (R$ 3,2 milhões); Maurício de Souza, de Presidente Figueiredo (R$ 4,6 milhões); Marta Brazil Ramos, de Tabatinga (R$ 1,6 milhão).

O candidato a vice-prefeito em Presidente Figueiredo Geni Narimatsu, com patrimônio avaliado em R$ 1,5 milhão, aparece na lista, mas o campo do valor do benefício pago pelo governo federal está em branco.

Editor de Política do jornal A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.