Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
Sociedade civil em ação

Crea-AM apresenta propostas do segmento aos prefeituráveis de Manaus

A iniciativa é inédita entre os Creas do Norte. O documento compreende sugestões, divididas por eixos temáticos: Engenharia & Infraestrutura, Mobilidade Urbana, Meio Ambiente&Saneamento, Agronomia, Educação e outros



jgk.JPG Foto: Nelson Jr./ ASICS/TSE
10/08/2016 às 20:17

De maneira a ampliar a atuação institucional no âmbito da responsabilidade sociopolítica, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Amazonas (Crea-Am) lança documento público com propostas aos planos de governo dos candidatos à Prefeitura de Manaus. A solenidade ocorre na próxima sexta-feira (12), às 9h30, no auditório Audin Furtado (1° andar), sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

A iniciativa é inédita entre os Creas da região Norte. O documento compreende propostas, divididas por eixos temáticos: Engenharia&Infraestrutura, Mobilidade Urbana, Meio Ambiente&Saneamento, Agronomia, Educação e Outros.

Num primeiro momento, o projeto compreenderia propostas oriundas somente da autarquia e de profissionais do sistema Confea/Crea, contudo, devido à repercussão positiva do projeto, o Conselho também decidiu agregar ao documento sugestões da sociedade civil. Os dois primeiros eixos (Engenharia&Infraestrutura e Mobilidade Urbana) fundamentam a maior parte das propostas contidas no documento.

O presidente do Crea-AM, engenheiro civil Cláudio Guenka, explica que a decisão de apresentar este documento é uma forma de colaborar com os Planos de Governo dos Prefeituráveis, com vistas ao avanço do Município, a partir da expertise dos profissionais inseridos na área de atuação do Conselho. Na solenidade, Guenka entregará as propostas aos representantes de todas as coligações partidárias formadas.

O projeto foi lançado em solenidade realizada no dia 16 de maio, na Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam). O Crea disponibilizou no site institucional link específico para coleta de propostas até o prazo de 28 de junho. Uma comissão foi formada por membros da diretoria do próprio Conselho para avaliar e sistematizar as propostas encaminhadas. A análise levou em consideração critérios de objetividade, clareza e pertinência das finalidades, bem como a relevância socioeconômica.

*Com informações da assessoria

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.