Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021
Eleições 2020

Eleitores contarão com uma frota de 973 ônibus

Assim como no primeiro turno da eleição, neste domingo os eleitores terão direito passe livre nos coletivos



Onibus_2BF87DD7-6523-422A-A7C0-6BAE5B36150B.jpg Foto: Reprodução / Internet
29/11/2020 às 07:39

Os eleitores de Manaus terão gratuidade no transporte coletivo neste domingo, segundo turno do pleito. O passe livre nas catracas será de 4h às 20h. A circulação dos coletivos e de pedestres será monitorada por agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) que estarão nas ruas a partir das 5h.

No primeiro turno, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) contabilizou 433.496 passagens. O maior número foi computado pela empresa Integração, que correspondeu a 77 mil, seguido por Rondônia (65,1 mil), Via Verde e Global, ambas com 60 mil.



As catracas dos cinco terminais de ônibus da capital registraram o menor quantitativo de tarifas gratuitas concedidas, somando 8,9 mil, segundo o Sistema de Bilhetagem Eletrônica.

Multiplicando o número de gratuidades fornecidas pelo valor da tarifa do transporte público, de R$ 3,80, o custo do passe livre representou cerca de  R$ 1,6 milhão no primeiro turno.

“Vai ser pago ao Sinetram pela prefeitura de acordo com o número de passageiros transportados. A prefeitura tem acesso ao Sistema de Bilhetagem Eletrônica, inclusive, aos cobradores que trabalharam. O relatório vai ser passado à prefeitura oficialmente”, explicou o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges.

Frota

Segundo o IMMU, a frota do transporte coletivo convencional disponibilizada à população  será de 973 ônibus. A quantidade de veículos é compatível ao dia útil de circulação de transporte na capital, conforme o IMMU.

De acordo com a prefeitura de Manaus, os coletivos cumprirão itinerário normal e todos os usuários devem passar pela catraca, exceto gestantes, idosos e pessoas com deficiência detentoras de gratuidade, com acesso livre aos coletivos.

No primeiro turno, a reportagem de A CRÍTICA constatou movimentação tranquila nos terminais  de ônibus pela manhã e durante à tarde registrou maior fluxo de usuários.

Desde maio deste ano, o uso de máscara nos ônibus é obrigatório e quem for visto sem a proteção contra a Covid-19 nas ruas  pode receber multa de R$ 108, equivalente a um UFM (Unidade Fiscal do Município).

Concessão

A gratuidade do transporte público nas eleições municipais 2020 foi aprovada na Câmara Municipal de Manaus no dia 9 deste mês. O Decreto nº 4.940,  publicado no Diário Oficial do Município (DOM) nº 4.965 do dia 12, regulamentou a concessão.

O transporte gratuito no pleito foi defendido pelo Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois Eleitoral em pedido encaminhado ao prefeito de Manaus, no dia 30 de julho. A solicitação foi reforçada junto ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, desembargador Aristóteles Thury, em 16 de agosto. Thury manifestou-se contrário visto que a partir do recadastramento biométrico os locais de votação encontram-se mais próximos do domicílio dos eleitores.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.