Sábado, 18 de Janeiro de 2020
SINAL

Em Manaus, Eduardo Braga fica em terceiro e perde para os votos nulos

A soma das abstenções, nulos e brancos em Manaus foi maior que a quantidade de votos dados ao governador eleitor Amazonino Mendes



WhatsApp_Image_2017-08-27_at_19.01.57.jpeg Eduardo Braga teve pouco mais de 271 mil votos em Manaus (Foto: Euzivaldo Queiroz)
27/08/2017 às 19:18

Em Manaus, a opção pelo voto nulo - sem contar os votos brancos - foi a segunda mais escolhida pelos eleitores, ficando à frente dos votos dados ao candidato Eduardo Braga.

Com 100% das 3356 urnas da capital apuradas, o governador eleito Amazonino Mendes teve 423.981 votos, contra 305.170 votos nulos e 271.975 para Eduardo Braga. Os votos brancos foram 57.010.



Levando em consideração também as abstenções na capital, que foram 217.146, e somando-as aos votos nulos e brancos, chega-se ao total de 579.326 eleitores que não escolheram nenhuma das duas candidaturas para comandar o Amazonas. O montante de votos supera os obtidos pelo governador eleito na capital.

Na eleição suplementar, os votos nulos, brancos e as abstenções bateram recorde histórico em todo o Estado. Clique aqui para saber mais. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.