Publicidade
Eleições
após eleição

Forças de segurança permanecerão atentas para casos de revolta contra resultados

Presidente do TRE afirma que a eleição no Amazonas transcorre com total normalidade a poucos minutos do fim da votação 02/10/2016 às 17:21
Show whatsapp image 2016 10 02 at 16.58.51
Informações foram repassadas em coletivo Foto: Geraldo Farias
Geraldo Farias Manaus (AM)

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), desembargador Yêdo Simões, afirma que a eleição no Amazonas transcorre com total normalidade a poucos minutos do fim da votação. "A eleição se desenrola tranquila. Estamos aguardando a contagem regressiva para contagem dos votos. Estou muito agressivo por todas as forças de segurança que nos reforçaram para o andamento deste pleito", comentou Simões. 

O vice-presidente do TRE e corregedor, desembargador João Simões, disse que os trabalhos estão transcorrendo de acordo com o planejamento isso devido a todas união das forças do Tribunal é de segurança. "Está eleição é a primeira após a reforma que proibe a doação de pessoa jurídica. Acredito que é importante esse registro, porque cada vez mais inibimos e combatemos o famigerado caixa dois. Outro registro importante é a propaganda eleitoral cujo os prazos foram encurtados", analisou João Simões. 

João Simões ressaltou que todas as forças de segurança continuarão em ação para coibir qualquer distúrbio por aqueles que não aceitarem o resultado eleitoral. 

O procurador  regional eleitoral, Victor Riccely, agradeceu o trabalho de todo o Ministério Público Federal pela atuação em todo o Estado. Por outro lado a atuação do MPF não termina agora, pois pode haver segundo turno e também haverá investigação das campanhas e também o combate do caixa dois.

"É a partir de agora que a atuação do Ministério Público começa para coibir o uso do caixa dois, analisando possíveis abuso de poder econômico nas campanhas dos candidatos", disse Riccely. O procurador também disse que o exemplo da atuação do órgão se dá com o conhecimento das prisões de candidatos em Borba e Fonte Boa. 

Participaram do esquema de segurança da eleição em todo o Estado a Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar do Amazonas, Polícia Civil de Amazonas, o Comando Militar da Amazônia, o Sétimo Comando Aéreo Regional e o Nono Distrito Naval.

Publicidade
Publicidade