Publicidade
Eleições
Ausentes

No primeiro turno das Eleições de 2016, abstenção em Manaus é menor que em 2012

Este ano, dos 1.257.126 eleitores, 108.023 (8,59%) deixaram de exercer o direito cívico neste domingo (2), quando foi definido que Artur Neto e Marcelo Ramos se enfrentarão no 2º turno 03/10/2016 às 08:30
Show avota  o01
Em relação aos votos válidos, as eleições deste domingo somaram 1.036.392. Foto: Aguilar Abecassis
Lorenna Serrão Manaus (AM)

Neste domingo (2), no primeiro turno das eleições municipais em Manaus, 108.023 (8,59%) eleitores deixaram de exercer o direito cívico. O que significa, proporcionalmente, que em comparação com o pleito de 2012 -  quando a abstenção foi de 171.936 (14,59%) -  menos pessoas deixaram de votar este ano. Ainda sobre a eleição passada, o eleitorado na capital Amazonense era de 1.178.120. Em 2016, subiu para 1.257.126.

Mas se o número de abstenção na capital amazonense caiu em 2016, não se pode dizer o mesmo sobre os votos brancos. No pleito que definiu que Artur Neto, da coligação "Por Uma Só Manaus",  e Marcelo Ramos, da coligação "Mudança Para Transformar", se enfrentarão no segundo turno, no próximo dia 30, foram contabilizados 43.338 (3,77%) votos brancos, mais que o dobro das eleições de 2012 - quando esse número foi de 20.983 (2,09%).

O número de votos nulos nessas eleições também foi maior. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), este ano, houve 69.373 (6,04%) votos nulos, pouco mais que o dobro de 2012, 33.618 (3,34%).

Em relação aos votos válidos, as eleições deste domingo somaram 1.036.392. E em 2012, 951.583 (94,57%).

Publicidade
Publicidade