Publicidade
Eleições
CAMPANHA

No fim de semana, candidatos apostam em corpo a corpo intenso

O primeiro final de semana liberado para a propaganda política foi marcado por caminhadas em busca dos eleitores 22/08/2016 às 06:51 - Atualizado em 22/08/2016 às 10:29
Show politicos campanha
Contato com os eleitores foi a opção dos principais candidatos à Prefeitura
Lucas Jardim Manaus

O primeiro final de semana da campanha eleitoral 2016 foi marcado por uma intensa atividade dos candidatos a prefeito, bem como os candidatos a vereador, que apareceram em peso nos eventos das chapas majoritárias de suas siglas (ou das apoiadas por elas), mostrando a força que o corpo-a-corpo deverá ter na definição do resultado do próximo pleito municipal.

Reforçando sua aposta nesta ficha, a coligação Mudança para Transformar, do candidato Marcelo Ramos (PR), colocou seus correligionários na rua  sábado, acompanhados de suas figuras políticas parceiras de maior proeminência, para uma caminhada no conjunto João Paulo II, Zona Leste de Manaus, a metros de onde o candidato Henrique Oliveira, do SDD, realizou uma caminhada na última na terça-feira da semana passada. 

Quem é quem?

O evento foi um verdadeiro quem é quem da política amazonense, com o senador Omar Aziz (PSD) e os deputados federais Alfredo Nascimento (PR) e Pauderney Avelino (DEM) aparecendo pela primeira vez na rua junto com Marcelo e seu vice, o deputado estadual Josué Neto (PSD), que atualmente preside a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM). A ex-primeira dama Nejmi Aziz, cuja participação era inicialmente prevista, acabou não comparecendo por estar viajando.

“A presença de figuras como o senador Omar, como o deputado Alfredo, como o deputado Pauderney, demonstra que essa é uma candidatura que tem o vigor, que tem a energia necessária para apontar um caminho seguro para a nossa cidade, mas que tem por trás disso a experiência, a maturidade de quem já viveu mais do que nós, de quem pode evitar que nós cometamos os mesmos erros que cometeram e podem nos orientar a acertar mais do que eles acertaram. Além disso, demonstra que é uma candidatura que vai ter uma forte base de apoio no Congresso Nacional, para captar os recursos necessários para que nossa cidade volte a andar pra frente”, declarou Marcelo.

Dentre essas figuras, Alfredo, que já teve passagens pela Prefeitura de Manaus e já foi bastante criticado à época por Marcelo, teve papel bastante ativo no evento. “Marcelo é do partido que eu presido. Eu fui prefeito de Manaus por três vezes e deixei um legado bom para a população. Essas caminhadas, essas conversas, elas têm um objetivo: é fazer com que as pessoas que me viram como prefeito e aprovaram meu trabalho votem no Marcelo”, disse o deputado federal.

Josué Neto disse que sua disputa pela vice-prefeitura é um passo natural dentro de sua carreira no serviço público. “Todo homem público que quer o bem para a sua cidade, seu Estado e a sociedade, geralmente começa pelo Legislativo e depois migra para o Executivo. Essa é a nossa missão, de poder contribuir mais”, comentou o deputado, que também disse que, no sentido de trabalho de campanha, a disputa por cargos legislativos e executivos é parecida.

Omar e Pauderney ficaram   no meio da caminhadas, mas também reforçaram seu apoio, aproveitando o ensejo para dizer que a ruptura com a chapa do prefeito Arthur Neto (PSDB) se deu meramente por desentendimentos. “Não há ressentimentos. Foi uma situação que não foi criada por mim. Eu simplesmente não concordei com o que o prefeito Arthur fez, fiquei onde estava e ele saiu do processo onde em que nós estávamos”, afirmou Pauderney. Omar foi ainda mais enfático: “É política! Eu tenho uma posição e está muito clara para a sociedade. [...] São mudanças de comportamento”, concluiu o senador.

Hissa fala com feirantes

Na manhã de ontem, o candidato à Prefeitura de Manaus, Hissa Abrahão, da coligação “Novas Ideias, Novo Caminho” (PDT/PSDC), dialogou com lideranças comunitárias e feirantes do conjunto Viver Melhor, Zona Norte. Ele ouviu as reclamações dos comerciantes em relação à falta de estrutura e ao descaso do poder público municipal em relação às demandas do setor.

“Os feirantes de Manaus foram abandonados pela atual gestão. Comprar na feira é bom pelo preço e pela qualidade, além de fazer parte da tradição das famílias manauenses. Mas é preciso dar condições mínimas para os feirantes atuarem na atividade, algo que efetivamente não vem acontecendo. Aqui é um exemplo claro da forma improvisada em que eles atuam. Construíram um conjunto para 55 mil pessoas e não projetaram um lugar para comportar dignamente 120  feirantes”, criticou.

A feirante Aparecida Gerber trabalha há três anos na feira improvisada do Viver Melhor e foi uma das que mais reclamou do descaso. “Não temos apoio nenhum do poder público. O prefeito só apareceu aqui na inauguração do Viver Melhor e na inauguração da UBS. Nós construímos esse espaço para ganharmos o nosso dinheiro”, disse.

Hissa falou que a sua administração vai lutar pela feira definitiva do Viver Melhor. “Vou olhar com muito carinho essa demanda. Nosso compromisso é pegar esta feira, reestruturar, colocar o saneamento. Enfim, dar o suporte necessário e condições decentes para o feirante e consumidor”, asseverou.

Arthur e Rotta lotam ruas

O candidato à reeleição, Arthur Neto, e o vice na chapa, Marcos Rotta, percorreram todas as zonas da cidade no sábado para divulgar os projetos da coligação ‘Por uma só Manaus’. Em comboio com candidatos proporcionais, eles passaram pela bola do Eldorado e Vieiralves, na Zona Centro-Sul; Alvorada, na Zona Centro-Oeste; Centro de Manaus, zona Sul; Zona Norte; e Zona Leste, onde receberam o carinho da população.

Arthur e Rotta chegaram juntos à bola do Eldorado por volta de 10h. Lá, distribuíram adesivos, panfletos e jornais com o plano de governo, para que as pessoas possam conhecer quais os projetos propostos. Logo depois foram para o entorno da Arena da Amazônia, onde participaram de uma grande bandeirada em pontos de grande concentração. 

De acordo com o deputado federal e candidato a vice, Marcos Rotta (PMDB), a candidatura vem ganhando popularidade. “Estamos em uma crescente. As pessoas estão entendendo que esta união é em prol da cidade. Estou muito alegre e satisfeito, vendo a população aprovando esta aliança. Quanto mais conversamos, mais vemos que todos procuram tentar entender o que aconteceu e de uma forma madura. Assim construímos as políticas pública para melhorar a vida de Manaus”, disse. 

No Centro de Manaus, o prefeito conversou com as pessoas que passavam pela Praça da Polícia e também com comerciantes de bancas de revistas instaladas ao lado do Colégio Amazonense Dom Pedro II. Eles elogiaram a organização da área central da cidade e solicitaram que seja feita a poda das árvores para que a iluminação seja mais eficaz.

Serafim conversa no São José

Debaixo do calor de ’40 graus’, o candidato à prefeitura de Manaus Serafim Corrêa pelo PSB e a vice, Cristiane Balieiro, caminharam na Feira do São José, Zona Leste, na manhã  de ontem, onde foram recebidos com muito carinho pelos feirantes e moradores da área, que apontaram falhas e pediram melhorias no bairro e adjacências.

A principal reclamação dos feirantes é segurança, limpeza e desorganização na feira. “A feira, que já foi melhor na época em que fui prefeito, está inteiramente abandonada. Essa foi a grande reclamação dos feirantes que querem uma melhor organização para que todos sejam beneficiados, tanto a eles que vendem, mas também aos compradores. Na minha administração isso vai mudar”, disse Serafim.

Cristiane agradeceu a receptividade dos feirantes e o reconhecimento do trabalho de Serafim. Ela pediu que o povo acreditasse na boa política.“É muito importante para nós que as pessoas saibam o trabalho que ele fez como prefeito. Vivemos um momento delicado na política do país, e é normal vermos pessoas descrentes, mas esse é o momento que nós temos para mostrar que não somos iguais. Somos diferentes e queremos o melhor para Manaus”, disse.

Publicidade
Publicidade