Publicidade
Eleições
BALANÇO

Polícias registram 80 crimes eleitorais até o início da tarde deste domingo

Maioria dos crimes acontece no interior; Na capital, dois flagrantes foram feitos, com 100 litros de diesel e R$ 11 mil foram apreendidos pela PF.  02/10/2016 às 16:14
Show whatsapp image 2016 10 02 at 16.03.42
Balanço foi apresentado pelas forças de segurança na tarde deste domingo (Foto: Osvaldo Neto)
Osvaldo Neto Manaus (AM)

As polícias Federal, Civil e Militar divulgaram balanço na tarde deste domingo (2) sobre as ocorrências no período das eleições. De acordo com o levantamento, divulgado na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), até o momento foram 80 casos de crimes eleitorais em todo o Estado. Representantes das forças policiais afirmam que as cidades do interior registraram maior número de casos. 

Pela Polícia Federal, 13 ocorrências foram registradas em mais de 100 denúncias realizadas. Cinco pessoas foram presas no interior do Estado, um veículo, uma lancha e R$ 60 mil foram apreendidos em um partido político. Na capital, dois flagrantes foram feitos. Além disso, dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) foram registrados, 100 litros de diesel e R$ 11 mil foram apreendidos pela PF. 

"A maior parte dos crimes correspondem ao transporte irregular e compra de votos. Nem toda denúncia é flagrante. Esses números foram contabilizados desde o dia 22 de setembro, porém aumentaram com a proximidade do pleito", declarou o superintendente regional da PF, Marcelo Rezende. 

De acordo com o delegado adjunto da Polícia Civil, Isair Soares, 18 pessoas foram detidas na capital e dois flagrantes foram feitos por crimes eleitorais. Em Nhamundá, a PC registrou 2 flagrantes, em Itamarati R$ 21.720 foram apreendidos e 3 pessoas foram presas. Em todo o Estado, o número de TCOs é 18.

"Estamos com 429 homens no interior e 164 na capital. Isso mostra o quanto o interior tem grande número de casos eleitorais e a necessidade de acompanhar de perto". 

Pela PM, 18 ocorrências envolvendo 14 homens e 4 mulheres foram registradas na capital, sendo todas de menor potencial ofensivo. Em Iranduba, R$ 7.700 reais foram apreendidos com uma advogada, enquanto em Itacoatiara 3 pessoas foram detidas por transporte ilegal e R$ 220 foram apreendidos por serem usados na compra de votos.

Publicidade
Publicidade