Publicidade
Eleições
prefeitura de manaus

Henrique Oliveira diz que desiste de candidatura se Omar Aziz for candidato

Omar rompeu publicamente com Artur Neto após virem à tona conversas de bastidores entre Artur e o senador Eduardo Braga e a possível união PSDB-PMDB na eleição para a Prefeitura de Manaus 03/08/2016 às 21:29
Show hfghfghfgh
A declaração do vice-governador veio após Omar anunciar que rompeu a aliança com o prefeito Artur Neto (PSDB), que concorre à reeleição (Foto: Érica Melo/Arquivo AC)
Janaína Andrade Manaus (AM)

Pré-candidato a Prefeitura de Manaus, o vice-governador Henrique Oliveira (SD) afirmou nesta quarta-feira (3) que retira a sua candidatura, caso o senador Omar Aziz (PSD) decida ser candidato. Omar anunciou que rompeu a aliança com o prefeito Artur Neto (PSDB), que concorre à reeleição

“Em relação ao apoio do Omar ou o que ele vai fazer eu devo dizer que há nomes valorosos dentro do grupo, como o deputado Pauderney, Silas Câmara, Josué Neto, ele tem um leque grande de opções e só posso confessar que se ele, Omar Aziz, pretender sair candidato eu estarei renunciando a minha candidatura em favor dele. Faria isso pela união do grupo (político) e para que a gente possa realmente ser competitivo e ganhar”, afirmou Henrique.

Omar se mostrou revoltado com as conversas de bastidores entre Artur e o senador Eduardo Braga (PMDB) e a possível união PSDB-PMDB na eleição para a Prefeitura de Manaus. Questionado sobre a provável chapa encabeçada pelo prefeito Artur Neto e o deputado federal Marcos Rotta, como vice, Henrique disse ter ficado primeiro “estarrecido”. 

“Segundo eu começo a acreditar realmente que serei o prefeito de Manaus, porque ninguém em sã consciência, se tiver com suas faculdades mentais em dias, faria o que esse pessoal está fazendo, principalmente o Artur (Neto). Inclusive já existe indicativo de pesquisas internas de que houve uma queda acentuada de votos com essa união dos dois (Artur e Rotta), e um crescimento bom da nossa campanha”, declarou.

O vice-governador afirmou que telefonou pela manhã para o senador Omar Aziz para se “solidarizar com o ocorrido”. 

Henrique já teria escolhido seu vice

No início desta semana, a informação de bastidores apontava que a coligação composta pelo SD, PMB e PRTB, lançaria a Prefeitura de Manaus o vice-governador Henrique Oliveira (SD) e o empresário Alessandro Bronze (PRTB)

Presidente estadual do PRTB, Alessandro é diretor das empresas Estação Hidroviária do Amazonas (Porto de Manaus) e Empresa Revitalização do Porto de Manaus. Nos bastidores, a informação é de que caso o arco de aliança que conta com o SD, PMB e PRTB não sofra novas adesões, o vice será Alessandro.

Na ocasião, a reportagem procurou o vice-governador, que declarou que o diálogo estava aberto. “Não vou dizer nem que sim, nem que não sobre o Alessandro. Mas é uma possibilidade, um bom nome”, afirmou.

O fato de não ter sido testado nas urnas, não é avaliado por membros da coligação, como um aspecto negativo. O PRTB possui, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 3.585 filiados, enquanto o SD, de Henrique Oliveira, possui 1.287 militantes.

Votos

156.648 é a quantidade  de votos que o hoje vice-governador, Henrique Oliveira (SD) obteve na disputa pela Prefeitura de Manaus, em 2012. Esse total de votos deu ao político 16,46% dos votos válidos, deixando-o no terceiro lugar no pleito.

Publicidade
Publicidade