Domingo, 15 de Dezembro de 2019
números

Vantagem do primeiro turno fez a diferença na vitória de Artur Neto

O prefeito reeleito conquistou, no segundo turno, 217 mil votos a mais, e Marcelo teve 200 mil novos eleitores. Em números absolutos, vantagem saltou de 106 mil para 123 mil votos



artyr123.JPG Vantagem garantida no primeiro turno foi determinante para a vitória do atual prefeito no segundo turno (Foto: Márcio Silva)
30/10/2016 às 20:08

Às 18h22, a apuração dos dados da votação em Manaus foi finalizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contabilizando 581.777 votos para Artur Neto (PSDB)  e 457.809 votos para Marcelo Ramos (PR).  Em percentuais, Artur teve 55,96% dos votos válidos, contra 44,04% de Ramos.

Os números mostram uma grande presença dos eleitores nas urnas neste domingo (30). A abstenção total foi de 119.473 eleitores – 9,50% do eleitorado. A estimativa do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) era de que pelo menos 200 mil pessoas deixariam de votar, o que acabou não se concretizando. O número de brancos e nulos foi ainda menor. Foram 33.205 votos em branco e 64.862 votos nulos, totalizando 98.607 votos.



Em comparação com o primeiro turno, os dois candidatos conquistaram praticamente o mesmo número de votos. Artur Neto fechou o primeiro turno com 364.487 votos – foram 217.920 votos a mais. Já Marcelo Ramos teve 257.698 votos no primeiro turno – conquistando 200.111 votos a mais. 

No primeiro turno, a diferença entre os candidatos foi de 106.789 votos. Já no segundo turno, ela ficou em 123.968 votos, mostrando que o prefeito foi reeleito graças à margem conquistada no primeiro turno. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.