Segunda-feira, 20 de Maio de 2019
ex-aliados

‘Vou cuidar de derrotar o Omar’, diz Artur Neto, ao chamar o senador de ‘ciumento’

Senador rompeu com o prefeito após virem a tona os rumores da aliança PSDB - PMDB. 'Eu não brigaria com ele. Até o convidei para assistir os jogos das Olimpíadas ao meu lado, ele e os quatro candidatos dele', ironizou



04/08/2016 às 18:07

Durante a coletiva de imprensa em que confirmou como seu vice na chapa o deputado federal Marcos Rotta (PMDB), nesta quinta-feira (4), o prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), explicou os motivos da polêmica aliança – até então improvável entre PSDB-PMDB, na capital.

Segundo o candidato à reeleição, foi feita uma união legítima, em cima dos interesses de Manaus. “Me coube a honra de ter ao meu lado o Marcos Rotta, que fez uma pré-campanha belíssima e que estava me tirando um pouco o sono a noite. Ele é uma pessoa leve, madura, responsável. Sou a favor da renovação e encontrei o companheiro ideal de chapa”, afirmou.

“Essa é uma decisão do PSDB. E as coisas estavam chegando ao limite, as coisas estavam ficando um caos, principalmente na saúde e na segurança pública. Eu não desabafo para amigo, desabafo para o povo. Ontem estive com o presidente Temer e disse: ‘Não aguento mais tanto caos em Manaus’”, acrescentou o gestor do município, relatando a reunião que teve em Brasília com o presidente interino do País.

Aliança desfeita

Artur disse ainda que ficou surpreendido com as declarações dadas pelo senador Omar Aziz (PSD), com quem tinha feito uma aliança para a sua campanha à reeleição. Omar rompeu a união após ter conhecimento de conversas entre Artur e o senador Eduardo Braga (PMDB) e a possível união PSDB-PMDB na eleição para a Prefeitura de Manaus, que hoje se confirma.

“Fui surpreendido com o que o Omar falou. Eu não brigaria com ele nem que ele quisesse. Até o convidei para assistir os jogos das Olimpíadas ao meu lado, ele e os quatro  candidatos dele. Apoiei ele e apoiei o Melo, que fracassou. Quem pede votos não trai, trai quem diz que pede voto e não pede. Eu declaro meu rompimento com o senador Omar Aziz e com o governador José Melo. Eu desejo tudo de bom para eles, inclusive, pouquíssimos votos”, alfinetou.

“A gota d’água é que o Omar estava com ciúmes. Homem ciumento é terrível. E eu falei para ele: ‘Omar, 2018 é uma incógnita’. E ele tava se achando o Getúlio Vargas, o cacique maior do Estado. Eu desabafei. Mandei um WhatsApp para ele desabafando”, complementou.

Novo rumo

Sobre as conversas com Braga, Artur afirmou que ambos foram honestos um com o outro e que aliança com o senador peemedebista está formada.

“Ele falou o que pensava de mim e eu falei o que pensava dele. Pior as pessoas que falavam da gente por trás. Estamos prontos para política graúda. Eu não tenho dois, três, quatro candidatos. Eu não saberia ser técnico de dois times. Eu tenho amor pela cidade de Manaus. O meu time está escalado. Essa será uma campanha limpa, bem humorada. E isso tudo ouvindo o Rotta, que tem opiniões sobre a nossa administração. Estamos firmes no nosso propósito”.

Vice honrado

Pré-candidato à Prefeitura de Manaus até ontem, Marcos Rotta disse à reportagem que compor uma chapa com o atual prefeito e candidato à reeleição Artur Neto é “uma honra”.

“Quero agradecer a forma respeitosa como meu partido me tratou. A mim foi dada essa alternativa, de estar ao lado do prefeito Artur ou não, mas eu respondi: ‘Será uma honra estar ao lado de uma das maiores figuras políticas do Estado do Amazonas’”, afirmou.

“Quando ele chega ao senado todos param. Todo mundo quer prestigiar ele. Para mim é extremamente importante e motivo de honra. É claro que temos as nossas diferenças, e eu estava percorrendo os quatro cantos dessa cidade. Mas não tenho dúvidas da minha escolha”, reinterou, revelando que teve apenas uma reunião com o Artur até o fechamento da chapa.

“Eu só tive uma reunião  com o Artur e hoje estamos aqui afinando a nossa aliança. E se Deus quiser e o povo também,  a partir de janeiro de 2017 estaremos à frente da cidade de Manaus”, concluiu.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.