Terça-feira, 27 de Outubro de 2020
Ensino superior

A CRÍTICA lança fascículo do Enem aos domingos

Material impresso e videoaula no acritica.com vão auxiliar leitores a se prepararem para o desafio de concorrer a uma vaga na universidade



enem_acritica_sas_C79D8801-289C-4584-ACC1-3B060E9DD9C3.jpg Foto: Junio Matos
19/09/2020 às 10:11

A partir deste domingo, 20, o jornal A CRÍTICA vai disponibilizar uma série semanal de 17 fascículos com questões simuladas das quatro áreas de conhecimento abordadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa, desenvolvida em parceria com a plataforma de educação SAS, vai auxiliar leitores a se prepararem para o desafio de concorrer a uma vaga na universidade.

Os cadernos virão encartados nas edições de domingo do jornal até a última semana anterior ao exame, com textos introdutórios referentes às áreas de conhecimentos e, com base em provas anteriores, abordarão todos os conteúdos que serão cobrados.



Cada fascículo terá uma videoaula com resoluções dos exercícios, que poderão ser acessadas no portal acritica.com. “Todo esse material será disponibilizado gratuitamente para os leitores de A CRÍTICA, reforçando mais uma vez o nosso compromisso de levar conteúdo relevante e de qualidade à população”, afirma Rodrigo Barros, gerente do departamento de marketing da RCC.

A escolha das questões baseou-se no Raio X do Enem, pesquisa desenvolvida pela SAS para identificar os assuntos mais citados na prova entre os anos 2009 e 2019. A próxima edição do exame será realizada em janeiro e fevereiro de 2021 com questões de Matemática, Linguagens, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Redação.

Fundada em 2004, a SAS desenvolve conteúdo, tecnologia e serviços de excelência para mais de 700 escolas e 230 mil alunos do país, com altos índices de aprovação no Enem e em outros processos seletivos.

Simulados ajudam mesmo

Embora conhecidas por gerações de estudantes, dicas como participar de simulados (de preferência elaborados por especialistas) e estabelecer uma meta diária de estudos com os assuntos mais abordados continuam sendo as mais importantes para quem vai prestar o exame.

“Desde o ano passado, o Enem vem aumentando a quantidade de conteúdos, e o aluno precisa acompanhar essa evolução”, afirma Luciana Araújo Barbosa, Diretora de Supervisão Acadêmica das escolas Idaam. “Ele não pode ter apenas a capacidade de interpretar textos. Deve saber fazer inferências, entender o que está escrito mesmo que as informações não estejam explícitas. Precisa saber fazer conexões entre as áreas do conhecimento, a visão de mundo e os conteúdos acadêmicos”, complementa.

Outro conselho é dominar temas básicos, que têm peso extra na pontuação da prova, e priorizar aqueles que o aluno considera mais fáceis. “Isso possibilita que ele otimize melhor o tempo, um aspecto muito importante nesse processo”, ressalta Luciana.

A redação é avaliada sobre cinco competências, e exige que o candidato tenha domínio sobre sua própria visão de mundo e um bom repertório cultural, “de modo que se posicione de maneira clara e crítica para que atinja a nota máxima”, explica a diretora.

News d amorim 845c88c9 db97 48fa b585 f1c0cb967022
Repórter de Cidades
Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Além de A Crítica, já atuou em uma variedade de assessorias de imprensa e jornais, com ênfase na cobertura de Cidades e Cultura.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.