Publicidade
Entretenimento
HIP HOP

‘A Força do Hip Hop Feminino do Norte’ agita Parintins neste fim de semana

Evento, com programação no Liceu Claudio Santoro e na Praça dos Bois, quer dar mais visibilidade e equidade de gênero ao cenário 15/12/2018 às 17:25 - Atualizado em 15/12/2018 às 17:27
Show b.girl nita   divulga  o 90ac3b5b dff0 40f4 a0ad de82d9efda4f
Foto: Divulgação
acritica.com

Neste fim de semana, sábado (15) e domingo (16), os grupos Grito da Periferia, TMJ Batalha de B.Girls e Coletivo de Mulheres no Hip Hop Ocupaminart realizam o evento “A Força do Hip Hop Feminino do Norte”, no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro e na Praça dos Bois, em Parintins. O acesso será gratuito.

Com intuito de dar visibilidade e equidade de gênero na cultura hip hop do Amazonas, a programação conta com apresentações e rodas de conversa a fim de estimular o empoderamento e fortalecimento feminino nas produções artísticas, nos movimentos de cultura popular e na política.

“As mulheres, cada vez mais, estão ocupando os espaços de poder que desde sempre foram delas. E na cultura hip hop não seria diferente. Mesmo sendo um cenário predominantemente masculino e que haja a tentativa de torná-las invisíveis, a luta e força das mulheres têm ficado mais evidente quando coletivos, crews e grupos de rap surgem organizadamente e passam a fazer suas próprias ações”, explica Cida Aripória, uma das fundadoras do Coletivo de Mulheres no Hip Hop Ocupaminart, que também falará, na ocasião do evento, sobre a Frente Nacional das Mulheres do Hip Hop, da qual é representante no Amazonas.

Segundo Cida, a cultura hip hop, que completou 45 anos em 2018, vem quebrando paradigmas ao mostrar que é de extrema importância para a periferia, escolas, juventude e sociedade como um todo. Cléia Alves, que também é uma das fundadoras do Ocupaminart, ressalta que o coletivo tem contribuído para a cena cultural do Estado e que participa ativamente na construção de diversas manifestações socioculturais.

“O coletivo vem promovendo saraus, oficinas, palestras, vivências, exposição de artes, moda e roda de conversas em vários pontos da capital do Amazonas”, diz Cléia. O evento conta com o apoio do Governo Amazonino Mendes, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Programação

No sábado (15), às 9h, o evento inicia com a roda de conversa “ELAS DUHIPHOP”, que será ministrado por Cida Ariporia, B.girl Drika (Cristo Crew), B.girl Lany (Revolução Kanibal's) e B.girl Beah (BECDA). No mesmo dia, às 17h, acontece o Workshop de Dança Urbana, ministrada pela B.girl Beah, bailarina do Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas (BECDA) e acadêmica do curso de dança pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Já no domingo (16), às 18h, a Praça dos Bois será palco para a Battle of B.girls “TAMO JUNTAS”, com a presença das juradas B.girl Drika (Cristo Crew), B.girl Lany (Revolução Kanibal's) e B.girl Beah (BECDA). Em seguida haverá uma apresentação (pocket show) do grupo de rap feminino Mulheres In Rima.

O evento também conta com o apoio da Frente Nacional de Mulheres no Hip Hop, Frente Hip Hop AM, TMJ de Parintins, Babá Tupinambá, Estúdio Fundo de Rede, Hip Hop Mulher, INCA (Instituto Cultural Ajuri) e patrocínio de Bruta flor, Honda Canopus, Luh Botique, Diego Armarinho e variedades, CIA UPD, Glenda Dinely, Canto da Porrada Bar, B.Boy Pito.

Serviço

O quê: “A Força do Hip Hop Feminino do Norte”, em Parintins
Quando: sábado, 15 de dezembro, às 9h e às 17h, e 16 de dezembro, a partir das 18h
Local: dia 15 no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro / dia 16 na Praça dos Bois
Quanto: gratuito

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade