Sábado, 06 de Junho de 2020
POESIA

Academia Amazonense de Letras realiza sarau online

Projeto 'Sarau em Casa' tem como proposta estimular o envio de vídeos onde acadêmicos e seguidores possam compartilhar momentos de poesia, música a distância



AAL_0F7E696C-6E2B-46D1-AAF6-672645D1BDF0.jpg Diariamente, perfil do Silogeu compartilha os vídeos através do Instagram (Foto: Divulgação)
19/05/2020 às 13:34

Com a suspensão de todas as suas atividades presenciais desde o dia 17 de março deste ano por conta da pandemia do coronavírus, a Academia Amazonense de Letras moderniza-se e entra a fundo nas redes sociais estimulando atividades no âmbito virtual. Uma dessas iniciativas é o projeto Sarau em Casa, que tem como proposta estimular o envio de vídeos onde acadêmicos e seguidores possam compartilhar momentos de poesia, música e sensibilidade, mesmo que a distância.

Toda a participação na ação é gratuita e voluntária. Os vídeos são compartilhados diariamente através do perfil do Silogeu no Instagram (@academiadeletras.am). As gravações podem conter tanto conteúdo de escritores, poetas e cantores populares, desde que assegurado o reconhecimento da obra e autor, como também conteúdo autoral, escrito e apresentado pelo responsável pelo vídeo.



“Utilizando as redes sociais nós estamos aproveitando esse período de recolhimento social necessário para fazermos o sarau da academia trazendo os poetas, cronistas, contistas, artistas, músicos, acadêmicos, de casa para o mundo das redes sociais. A academia amazonense de letras faz a sua parte para levar diversão, entretenimento, cultura e informação na sua casa nesses tempos de recolhimento social”, pontua o presidente da Academia, Robério Braga.

Os conteúdos enviados passarão por uma análise prévia como forma de assegurar que não haja nenhum tipo de desrespeito social, moral e humano. Não há restrição de idade para a participação. No caso de crianças, é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis.

Ainda de acordo com a instituição, videos encaminhados por terceiros só serão postados se apresentarem autorização da pessoa gravada. Um pequeno guia (a caráter de regulamento) pode ser conferido no site da Academia (academiaamazonensedeletras.com), em caso de maiores dúvidas.

Até o momento, já foram compartilhados 60 gravações de diferentes artistas. Um deles é o poeta Carlos Almir que apresentou no sarau a leitura de dois poemas de sua autoria: “O Poeta”, presente em seu livro “O Meu Engenho de Estrelas” e “Quero”, que integra sua obra “Íntimas Palavras”. Para ele, o projeto surge como forma de levar um alento durante a pandemia e é uma oportunidade de gerar visibilidade.

“É de uma importância muito grande porque essa pandemia foi algo inesperado para todos. Em uma situação onde aumentam os casos de depressão, tristeza e angústia, levar um pouco de poesia para as pessoas é maravilhoso, além de ser uma divulgação do poeta ou escritor. O convite do presidente Robério Braga foi muito importante, ele quis unir e agregar as pessoas que fazem arte no estado com a população”, diz.

Os vídeos podem ser encaminhados por e-mail ou WhatsApp nos contatos: ascom.aal@gmail.com e 92 99901-3742. Caso haja preferência, os vídeos também podem ser postados diretamente nas redes sociais dos interessados e marcados com a tag #sarauemcasaAAL. Ao encaminhar o vídeo o interessado declara estar ciente de que autoriza a veiculação de sua imagem nas mídias sociais da Academia Amazonense de Letras, informando os dados de suas próprias redes sociais para divulgação.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.