Publicidade
Entretenimento
Vida

Acadêmico lança obra ‘Sejamos Luz’ na Academia Amazonense de Letras, em Manaus

O livro de Júlio Antonio Lopes, que reúne textos publicados em A CRÍTICA, sobre os ensinamentos da vida, foi lançado neste sábado (7) 07/03/2015 às 13:51
Show 1
Obra reúne textos de Lopes publicados em A CRÍTICA, onde ele escreve há anos
JONY CLAY BORGES Manaus (AM)

O Salão do Pensamento Amazônico da Academia Amazonense de Letras (AAL) abrigou o lançamento de “Sejamos luz” (Editora da Amazônia, 134 págs.), neste sábado (7), às 10h. O novo livro de Júlio Antonio Lopes, ocupante da cadeira nº 3 da AAL, de patrono Cruz e Souza, é uma coletânea de artigos publicados pelo advogado e acadêmico em A CRÍTICA, onde ele assina há 25 anos coluna na página de Opinião. Nos textos, ele compartilha experiências espirituais e de vida, cheias de ensinamentos.

“Trato de princípios e valores como paz, tolerância, caráter, gratidão, perdão, todas as coisas que gratificam a alma e nos fazem conviver melhor com o outro. É o que chamo de ‘o reino dos Céus’ em cada um: fazer seu trabalho, não brigar com outros, granjear seus amigos, para que os outros vejam em você a figura de Cristo – é uma ousadia, claro, mas temos de tentar ser luz. Como Jesus disse: ‘Vocês são a luz do mundo’”, recorda.

Fé, vida e experiência

Os textos de “Sejamos luz” são escritos em linguagem clara e direta, como forma de falar diretamente aos jovens e às famílias. Segundo Lopes, a proposta é difundir preceitos e convicções importantes a esses públicos. “Foi uma forma em que pensei para alcançar a eles e a outras pessoas. É um livro de valores. A personalidade pode ser moldada ou deformada, de acordo com as influências, e só com a vida, a experiência e a fé em Jesus você consegue se aperfeiçoar”, assinala o autor.

Lopes é da opinião de que tais valores vêm se perdendo na relação entre pais e filhos da família moderna. “Tenho quatro filhos, de idades diversas, e como todos os pais, preocupo-me com a formação da nossa juventude. Tive uma formação forte em Deus, no amor à Pátria e em outros valores. E isso é algo muito ‘fluido’ na sociedade de hoje: os pais saem para trabalhar por necessidade, e os filhos aprendem coisas pela Internet. Não existem mais o convívio, a proximidade dos filhos. Eu e minha mulher procuramos fazer diferente, e estar junto de nossos filhos sempre que possível”, opina o advogado, também Diretor Jurídico da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), que dá apoio à publicação ao lado da Academia Amazonense.

Complementos

“Sejamos luz” tem texto de orelha de autoria do historiador Pontes Filho, e prefácio do jurista Bernardo Cabral. A coletânea traz ainda, além dos textos de Lopes publicados ao longo de vários anos em A CRÍTICA, dois trabalhos da série “Textos que edificam”, organizados por ele e utilizados em palestras com jovens estudantes. São eles “Mandamentos e orações” e “O julgamento de Jesus”, este último extraído de uma aula magna proferida por Rui Barbosa, o patrono dos advogados brasileiros.

A sessão de autógrafos será precedida de breves preleções, e contará ainda com apresentação musical intimista do músico Sabiá. Na ocasião, será celebrada ainda a fundação do Instituto Sejamos Luz (leia mais no box).

Exemplares de “Sejamos luz” estarão à venda no evento ao preço de R$ 20 (posteriormente, poderão ser adquiridos na Livraria Concorde). Toda a renda obtida com a venda dos títulos será revertida para projetos sociais em Manaus.

Bibliografia

2015 Sejamos luz

2014 Fábio Lucena – Grandes vultos que honraram o Senado2013 Bernardo Cabral – Um estadista da República2011 O sigilo da fonte2011 O STF e a Imprensa2010 A CRÍTICA de Umberto Calderaro

Serviço

O que é Lançamento do livro “Sejamos luz”, de Júlio Antonio Lopes, e ato de fundação do Instituto Sejamos Luz

Onde Salão do Pensamento Amazônico, Academia Amazonense de Letras, rua Ramos Ferreira, 1.009, Centro

Quando Hoje, a partir das 10h

Entrada Gratuita e aberta ao público em geral

Publicidade
Publicidade