Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
Buzz

Acusado de violar ordem de restrição, homem que perseguia atriz Mila Kunis será indiciado

O homem de 27 anos foi preso duas vezes este ano para tentar entrar em contato e conhecer a estrela



1.jpg A atriz Mila Kunis
18/05/2012 às 07:32

Stuart Lynn Dunn, acusado de perseguir a atriz Mila Kunis e violar uma ordem de restrição emitida depois que ele invadiu um apartamento vago de propriedade da atriz, será indiciado nesta sexta-feira (18) em Los Angeles.

Ele está detido sob uma fiança de 190 mil dólares. O homem de 27 anos foi preso duas vezes este ano para tentar entrar em contato e conhecer a estrela de "That '70s Show" e "Cisne Negro".



Em fevereiro, um juiz ordenou Dunn a ficar longe de Mila Kunis depois que ele foi encontrado vivendo em uma casa vaga de propriedade da atriz. Ele repetidamente tentou entrar em contato com ela antes disso, e foi preso no início deste mês do lado de fora de sua academia.

As tentativas para encontrar o advogado atual de Dunn não foram bem sucedidas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.