Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

‘Alma e Coração’: Projota fala sobre música oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016

Com produção da Conspiração e direção de Fred Ouro Preto, o clipe de “Alma e Coração” traz o espírito olímpico dentro e fora das arenas. Dele participam quatro jovens atletas do atletismo, ginástica artística, natação e boxe 25/07/2016 às 20:47 - Atualizado em 26/07/2016 às 01:30
Show projota thiaguinho
(Foto: Divulgação)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

A pouco mais de uma semana para o início dos Jogos Olímpicos Rio de Janeiro 2016, o tema oficial do evento já começa a ecoar pelos quatro cantos do país. “Eu sei o que eu quero pra vida, pois nada vem fácil irmão / Sem o suor o valor da conquista permanece em vão / Sempre é hora pra fazer algo melhor acontecer / E a sua hora vai chegar”. Estes são os primeiros versos de “Alma e Coração”, tema oficial das Olimpíadas interpretada por Thiaguinho e Projota. Fazendo a união do samba e rap, a canção traz todo o otimismo e positividade para os nossos atletas seguirem na disputa.

Com produção da Conspiração e direção de Fred Ouro Preto, o clipe de “Alma e Coração” traz o espírito olímpico dentro e fora das arenas. Dele participam quatro jovens atletas – Antônio, Eva, Rayssa e Felipe -, que praticam atletismo, ginástica artística, natação e boxe, respectivamente. Nas imagens, eles mostram a evolução nos seus treinos e sonham em participar dos Jogos Olímpicos. Também fazem parte do vídeo Thiaguinho e Projota, que soltam a voz no Estádio Olímpico, uma das principais locações do clipe.

As filmagens foram realizadas em dois dias em diferentes pontos da cidade, incluindo a comunidade do Vidigal. “Eu e o Thiaguinho fomos muito bem dirigidos, tendo as cenas gravadas no Engenhão”, conta o rapper ao A Crítica. A música e o clipe já estão disponíveis nas plataformas online de streaming.

“3 Fs” ao Vivo

Em 2014, o rapper lançou seu primeiro disco oficial, intitulado “Foco, Força e Fé”, com elementos do pop, rock, reggaeton participações de Marcelo D2, Dado Villa-Lobos, Negra Li e J Balvim, sem deixar de falta suas letras e bases poderosas sobre superação, crime e crítica social.

Para o título do álbum, Projota revela suas inspirações. “Eu tinha um coletivo, junto com amigos, anos atrás. Buscando algo que desse significado, quando tentava criar um nome para 3 palavras algo muito definidor daquele momento. Por acaso eram 3 palavras com a letra F, e eu tive a certeza que ali havia uma coisa muito forte”, explica.

O registro em vídeo do álbum, "3Fs - Ao Vivo" foi gravado em janeiro deste ano no Espaço das Américas. Cerca de 2 mil fãs puderam acompanhar a superprodução do espetáculo musical que conta com participações especiais de Anitta, Marcelo D2, Rashid e Kamau. Para um programa de TV, Projota afirma já ter gravado um show antes, com estrutura infinitamente menor e poucos recursos.

“Segui meu caminho e naturalmente a própria musicalidade vem se transformando, justamente é claro com as possibilidades que um orçamento maior proporciona. Nesse novo projeto temos um cenário, luzes, banda, backing vocals, dançarinas e tivemos também a chance de dar um show de forma gratuita para 2 mil fãs que foram sorteadas”, afirma.

Projota em Manaus

Em sua última visita a Manaus, o rapper revelou que já tinha conhecido a cidade quando não era muito famoso. E ele conta o fato marcante que encontrou na região. “Uma das melhores refeições que já fiz na vida, foi na beira do Rio Amazonas, num lugar simples, onde conheci a famosa costelinha de tambaqui. E me apaixonei, claro!”, lembra. “Temos um show marcado para o final de outubro e estarei junto novamente dos manauaras...será um prazer!”, complementa.

Publicidade
Publicidade